David Megre e Luís Portela de Morais de KTM Rally no Dakar 2017

Pilotos portugueses realizam o sonho de enfrentar a mais difícil prova do mundo.

andardemoto.pt @ 20-11-2016 17:04:10

David Megre e Luís Portela de Morais dispensam apresentações. São ambos bem conhecidos no Todo-o-Terreno nacional, e agora são notícia por terem traçado como grande objetivo desportivo para a temporada 2016/2017 a participação no Rally Dakar, que no próximo dia 2 de Janeiro de 2017 arranca de Assunção, capital do Paraguai.

Num evento de apresentação da equipa, a comunicação social e um vasto grupo de amigos e apoiantes foram convidados a estar presentes na passada sexta-feira no mercado de Campo de Ourique, onde numa pequena cerimónia os dois pilotos deram mais informações sobre os seus objectivos.

No seu plano de preparação para este grande desafio os dois pilotos estiveram presentes em algumas das provas do CNTT, participaram no Merzouga Rally, em Marrocos, e a estrearam as suas novas KTM Rally com a configuração Dakar, há poucos dias na Baja Portalegre 500, que este ano celebrou a sua 30º edição. 

Também intensificam a sua preparação com vista à grande maratona sul-americana com a presença num evento recentemente organizado pela R3, em Almeirim, essencialmente destinado a aperfeiçoar as técnicas de navegação.

Nesta grande aventura os dois pilotos vão ser apoiados pela KTM Portugal que se irá apresentar no Dakar 2017 com uma estrutura que compreende um camião e dois jipes de assistência.


David Megre

David Megre conta no seu currículo com títulos de Campeão Europeu de Bajas em 2009, Campeão Nacional de Todo-o-Terreno (TT3 em 2011 e TT1 em 2007 e 2008) e Campeão Nacional de Enduro (2008), tendo ainda alcançado medalhas de Ouro  em 2008 e Prata em 2007 no Internacional Six Days of Enduro.

O David é o piloto que mais vezes terminou o Portalegre, tendo participado nas ultimas 16 edições da prova conseguindo sempre chegar ao fim, e subido ao pódio nos anos de 2009 e 2010.


Luís Portela de Morais

Luís Portela de Morais repartiu a temporada de 2016 entre o Rugby, modalidade onde foi campeão nacional pelo Grupo Desportivo de Direito, e o Todo-o-Terreno, disciplina na qual alcançou um excelente 9º lugar na Baja Portalegre 500, apesar de ter como handicap a utilização da sua KTM já com as especificações do Dakar, que a tornam menos própria para uma prova tipo baja, como foi o caso desta corrida disputada em pistas do Alto Alentejo.

andardemoto.pt @ 20-11-2016 17:04:10