Dakar 2017 - 4ª etapa

(Actualizada) Toby Price (KTM) e Alessandro Botturi (Yamaha) foram as principais vitimas do primeiro dia verdadeiramente difícil do Dakar. David Megre é a primeira baixa Lusa!

Toby Price (KTM)

Toby Price (KTM), o piloto que venceu a edição do ano passado, sofreu uma queda a apenas 30km do final desta 4ª etapa, disputada entre San Salvador de Jujuy na Argentina e Tupiza na Bolívia, precisamente depois de ter conseguido ultrapassar Joan Barreda (Honda) no último Check Point da prova.

O australiano da KTM fracturou o fémur esquerdo em consequência da violenta queda, e foi obrigado a desistir, tendo sido evacuado de helicóptero para o hospital. Quem lhe deu conforto foi o “nosso” Paulo Gonçalves, que apesar de estar a ter um dia complicado, depois de ter perdido muito tempo logo no início da etapa, não hesitou em prestar auxílio ao rival.

Alessandro Botturi (Yamaha)

Também Alessandro Botturi (Yamaha), o único italiano em prova, sofreu uma queda no final da etapa, tendo sido também evacuado para o hospital, apresentando um traumatismo craniano leve e diversos hematomas na cabeça.

Entre os portugueses, hoje foi o dia de Hélder Rodrigues (Yamaha) ser o mais rápido. Foi o 14º a cruzar a meta, com um atraso de 24m31s para o mais rápido, que acabou por ser Mathias Walkner (KTM), apesar dos esforços de Joan Barreda (Honda) que apenas conseguiu terminar em segundo depois de ter liderado a etapa ao longo de todo o dia. No entanto o espanhol foi penalizado por ter reabastecido numa zona não autorizada, tendo caído para o 13º lugar da geral.

Quem lidera agora a classificação geral é Pablo Quintanilla (Husqvarna)

Hélder Rodrigues (Yamaha) ocupa agora, e sujeito ainda a confirmação oficial (no Dakar é sempre bom ressalvar que pode haver correções de última hora), o 15º lugar da classificação geral, com 1h20m de atraso para o líder.

Entretanto Paulo Gonçalves (Honda) terminou a etapa na 17ª posição e caiu na classificação geral para o 12º lugar, a 37m25s da liderança. Após a correcção dos tempos devido ao facto de o "Speedy" ter parado para dar apoio a Toby Price na altura do seu acidente, e depois da penalização de Joan Barreda, Paulo Gonçalves mantém o 5º lugar da tabela, estando apenas a escassos 7 minutos da liderança da prova.

Joaquim Rodrigues (Hero Speedbrain) terminou hoje em 32º lugar, mas mantém a 19ª posição da classificação geral.

Joaquim Rodrigues (Hero Speedbrain)

Mário Patrão (KTM)  terminou o dia em 20º lugar, e ocupa agora a 22ª posição da geral, a cerca de 9 minutos de Joaquim Rodrigues, e a 1h45m do líder da prova.

Gonçalo Reis (KTM) terminou a etapa de hoje em 25º, ocupando agora o 31º lugar da geral.

Pedro Bianchi Prata (Honda) conseguiu hoje o 36º tempo na etapa, resultado que lhe permitiu subir nove posições na classificação geral, sendo agora 46º.

Luís Portela de Morais (KTM) foi o 43º piloto mais rápido de hoje, e ocupa o 50º lugar da geral.

Fernando Sousa Jr. (KTM) foi 55º e é 57º da geral

Rui Oliveira (Yamaha) foi 56º e é 53º da geral.

Fausto Mota (Yamaha) foi 57º e é 54º da geral.

David Megre (KTM) viu-se obrigado a desistir depois de uma queda que o obrigou a ser evacuado para o hospital. Ainda não há qualquer informação sobre o seu estado de saúde.


Mário Patrão (KTM)

A 5ª etapa será disputada amanhã, sexta-feira, dia 06/01. 113 motos saem para a etapa que tem partida em Tupiza e chegada em Oruro, tudo em território boliviano. Motos, quadriciclos, carros e UTVs percorrem um total de 692 km, com um trecho cronometrado de 447 km.

AdM @ 5-1-2017 19:59:59


Mais