Moto GP Checa- Treinos livres deixam Dovizioso e Ducati na frente

Jorge Lorenzo (Ducati) brilhou nas condições húmidas da FP1 em Brno, liderando a sessão por algum tempo antes de terminar em terceiro e apenas um décimo do topo.

andardemoto.pt @ 4-8-2017 18:43:21 - Texto: Paulo Araújo

Dovi dominou os livres

Dovi dominou os livres

Já Andrea Dovizioso (Ducati) teve um primeiro dia impressionante no GP Checo, levando a sua Desmosedici ao topo da tabela nos últimos minutos da FP2 para reinar supremo.

O italiano ficou à frente por quatro décimas de segundo - e, crucialmente, também sente que tem um bom ritmo de corrida. O seu colega de equipa, Jorge Lorenzo, também testou uma nova carenagem, que pareceu resultar nas suas mãos e que maximiza o apoio aerodinâmico da dianteira, em parte a causa da falta de confiança sentida pelo Maiorquino nas últimas provas.

Dovi acabaria por declarar: "Foi um bom dia. No molhado, comparámos as opções médias e suaves, e temos dados em caso de chuva. À tarde, conseguimos um excelente tempo (embora) nem todos tenham colocado o pneu mais macio. Eu acho que ninguém quer correr à chuva, preferimos o seco. Mas fomos rápidos e conseguimos manter um bom ritmo - estou optimista".

 A seguir ao Italiano ficaram Folger (Yamaha Tech 3) Petrucci (Ducati Pramac) e Johann Zarco. Barberá, Redding, Pedrosa e Crutchlow foram os seguintes, pelo que, com Viñales em 11º e Rossi apenas 14º, é justo dizer que as Yamaha satélite estão, mais uma vez, a funcionar melhor que as oficiais. Lorenzo, carenagem ou não, não foi além de 15º.


andardemoto.pt @ 4-8-2017 18:43:21 - Texto: Paulo Araújo