Motos Victory chegam ao fim!

Ao cabo de 18 anos de actividade, a Polaris Industries, detentora da marca Victory vai focar o seu negócio de motos na sua outra marca: a Indian.

@ 9-1-2017 18:30:26

O comunicado chegou hoje ao princípio da tarde e é inequívoco! A era da Victory Motorcycles chegou ao fim.
A Polaris, que há 18 anos iniciou a produção das motos que definia como “MODERN AMERICAN MUSCLE” (moderno músculo americano), decidiu que a actividade não estava a ser rentável, pelo que o melhor seria terminar com a produção das motos desta marca.

Scott Wine, o CEO da Polaris declara que não foi uma decisão fácil:

Ao longo dos últimos 18 anos, investimos não apenas recursos mas também as nossas almas e corações para forjar a marca Victory, e sentimo-nos extremamente orgulhosos pelo que esta nossa equipa conseguiu. Desde a criação do conceito, desenhámos e construímos 60 modelos Victory que renderam 25 conceituados prémios de Indústria.

A experiência, os conhecimentos, a infraestrutura e a competência adquiridos nestes 18 anos proporcionaram-nos a confiança para adquirir e desenvolver a marca Indian, pelo que quero expressar a minha gratidão a todos quantos estiveram associados à Victory Motorcycles e celebrar os seus muitos contributos (...) Esta decisão vai melhorar o desempenho financeiro da Polaris que em consequência irá melhorar a nossa competitividade nesta indústria
”.

Diversos factores influenciaram esta decisão: a Victory estava a ter dificuldades em conseguir alcançar a cota de mercado necessária para garantir o seu sucesso e poder ser lucrativa. A pressão causada por um mercado extremamente competitivo, em que a norma Euro4 não terá sido alheia, também aumentou as dificuldades para a marca que teria necessidade de grandes volumes de investimento para desenvolvimento de uma nova plataforma mais moderna e competitiva.

Tendo em conta o excelente desempenho que a marca Indian Motorcycles está a ter, a Polaris achou por bem colocar nela o foco da sua energia e investimento.

Já no último Salão de Milão a Polaris esteve apenas representada pela Indian Motorcycles e, em conversa com Grant Bester, o responsável máximo da Polaris na Europa, tínhamos ficado a saber que estava em curso uma importante reformulação nas marcas, e que o objectivo futuro seria apostar fortemente na marca Indian que está a implementar-se fortemente no mercado, inclusivamente na Europa.

Também a ausência de novos modelos da Victory já deixava antever que algo estava a ser preparado pelo gigante americano. No entanto, estava-se longe de adivinhar este desfecho.

Mas a Victory Motorcycles teve o cuidado de, neste comunicado, anunciar que irá dar todo o seu apoio à rede de concessionários, nomeadamente no que respeita à liquidação de stocks, e que irá garantir a existência de peças de substituição por um período de 10 anos.

A Victory é a segunda marca de motos americana da era moderna a desaparecer do mercado, depois de a Harley-Davidson ter descontinuado a Buell em Outubro de 2009.

@ 9-1-2017 18:30:26


Últimas notícias