Moto Guzzi Open House 2018

Foram mais de 30.000 visitantes que literalmente invadiram as oficinas históricas da marca de Mandello del Lario.

andardemoto.pt @ 16-9-2018 11:26:14

No passado dia 9 de Setembro de 2018, o Open House 2018 da Moto Guzzi bateu todos os recordes de participação, um sinal da paixão que os “Guzzisti” têm pela marca da águia, uma mais acarinhadas do mundo.

Cerca de trinta mil entusiastas,originários de todo o mundo, com a grande maioria a chegarem de moto, reuniram-se na fábrica histórica de Mandello del Lario, à beira do belíssimo lago Como, onde todas as Moto Guzzi foram construídas desde 1921 até aos dias de hoje.

Quase cem anos após seu nascimento, a Moto Guzzi mostra a sua boa forma, catalisando cada vez mais o interesse e a popularidade de diferentes gerações de motociclistas que estimam valores como a autenticidade, o caráter e as motos exclusivas e carismáticas. 

a nova Moto Guzzi V85 TT, em exibição pela primeira vez na sua versão definitiva

a nova Moto Guzzi V85 TT, em exibição pela primeira vez na sua versão definitiva

Foi o caso da nova Moto Guzzi V85 TT, em exibição pela primeira vez na sua versão definitiva, depois de ter sido apresentada na EICMA, o Salão de Milão, há cerca de um ano (clique para ver mais), e cujo interesse demonstrado, não só pelos comentários entusiasmados do público, mas também pelas mais de mil inscrições para o seu teste-ride, preconizam um sucesso comercial para a marca.

A outra pérola de Moto Guzzi, que foi revelada neste evento e também pela primeira vez, foi a V8 Bobber Sport, uma versão mais agressiva e refinada, reforçada por inúmeros detalhes de prestígio, e que estará disponível nos concessionários da marca a partir já do final do mês de Outubro.

A edição de 2018 do Open House teve mais atividades para o público do que nunca, começando com visitas às linhas de produção, até ao Museu Moto Guzzi, que abriga mais de 150 motos históricas, desde o protótipo GP de 1919, até à magnífica MGS-01, ou à primeira moto de produção, datada de 1921, a “Normale”.

No centro da “Vila” Moto Guzzi, no coração da fábrica, reinava a música alternava e outras formas de entretenimento, como o talk show, no qual os criadores da V85 TT explicavam os detalhes de sua obra. Também foram exibidas algumas das magníficas customizações de Filippo Barbacane da Rossopuro Workshops.

As bebidas e comidas foram asseguradas por Street Food, com a presença de cinco mini-camiões capazes de produzir pratos de qualidade "gourmet", e com uma ampla escolha, baseada na melhor tradição da cozinha italiana.

Mas a música mais popular foi a melodia criada pelos motores V-Twin da frota de cinquenta actuais modelos da gama Moto Guzzi que estava disponível, e que concluiu mais de 800 testes-rides. 

Uma das mais desejadas protagonistas dos teste-rides foi a V7 III Limited, a última versão especial da “setecentos e cinquenta” de Mandello, que recentemente revelou uma versão "carbon" (clique para ver mais).
Foram três dias dedicados às belas motos italianas, num evento que reuniu mais de 30.000 visitantes. 

Veja as Imagens:

andardemoto.pt @ 16-9-2018 11:26:14


Clique aqui para ver mais sobre: Officina Moto - Notícias




Mais