BMW apresenta novos modelos na Intermot, o Salão de Colónia 2016

R nineT Racer, R nineT Pure, actualizações na Turística K1600GT, e na gama "S" com as 1000RR, S1000R e S1000XR a serem alvo de atenção

O estilo retro continua na moda, por isso, a BMW aproveitou a Intermot, o Salão de Colónia, para lançar mais duas versões da bem sucedida R nine T: A Pure, uma “roadster” estilo “Brat”, e a Racer, uma clássica desportiva, ambas dotadas do boxer de 1170cc de refrigeração a ar e óleo, que debita 110cv de potência, já perfeitamente de acordo com as normas impostas pela directiva Euro4. É o reforço da gama que a marca bávara apelida de “Heritage”.

Ambos os modelos utilizam o quadro tubular em aço da versão Scrambler recentemente chegada ao nosso país, e que apresenta três secções distintas: O quadro dianteiro principal, que suporta a direcção, o quadro traseiro principal que suporta o Paralever, o monobraço oscilante que incorpora o veio de transmissão, e o sub quadro traseiro removível.

Forquilha convencional, pinças Brembo de quatro pistões na frente, ABS e ASC (controlo de tracção) opcional são os pontos altos da ficha técnica. Para ambas as versões, estão disponíveis também em opcional, jantes raiadas que conferem um aspecto ainda mais nostálgico.

BMW R Nine T Racer

Dotada de uma semi-carenagem “old school”, tipo bala, a Racer evoca conceitos populares nas décadas de 60 e 70 do século passado, complementados pelo assento típico da mesma época. Guiador de avanços e poisa-pés recuados conferem à Racer uma posição de condução desportiva.

BMW R Nine T Pure

Reduzida ao essencial, a Pure representa um conceito de simplicidade, destinado a uma utilização diária e descomprometida, seja em ambiente urbano, ou em estradas rurais. A Pure está diponível em cinzento não metalizado, com apontamentos de alumínio anodizado.

BMW K1600GT

A “hiper-turística” alemã viu revisto o tão aclamado motor de seis cilindros em linha, para corresponder à norma Euro4. Em termos de potência, os valores cifram-se em 160cv às 7.750 rpm com um binário máximo de 175 Nm às 6 500 rpm.

Nesta versão, a suspensão ESA foi revista e incorpora agora os modos dinâmicos Road e Dynamic.

Mas a grande, e talvez a mais aclamada inovação, é o “reverse assist”, nada mais nada menos do que uma marcha-atrás, comandada através do botão do motor de arranque.

A nova K1600GT também recebeu o Shift Assistant Pro, que permite fazer mudanças de caixa sem ser necessário recorrer à manete da embraiagem.

Como opcional, esta grande turística permite instalar o novo Intelligent Emergency Call, um dispositivo de segurança que, em caso de acidente, contacta imediatamente os serviços de assistência e socorro.

Para completar a intervenção, o painel de instrumentos foi redesenhado, e a aerodinâmica foi revista, com a adição de novos deflectores.

Vai estar disponível em três esquemas cromáticos: Vermelho, Azul e Preto.

Gama “S”

A gama desportiva “S” dotada de motores de quatro cilindros em linha, também mereceu a atenção dos engenheiros teutónicos. Para 2017 a superbike S 1000 RR, a roadster S 1000 R e a “adventure sports” S 1000 XR foram revistas em diversos pontos.

Além dos propulsores já se apresentarem compatíveis com a directiva europeia sobre emissões de poluentes, estes modelos de 2017 viram a electrónica actualizada, disponibilizando como opcional o “Riding Modes Pro”, que integra o ABS Pro, monitorizado por uma unidade de medição de inércia.

A "Superbike" S 1000 RR passa a ser disponibilizada apenas com assento para o passageiro. No entanto, pode ser encomendada sem custos adicionais com assento duplo.

A “Roadster” S 1000 R viu a potência aumentada para 165cv (160cv anteriormente) e o peso reduzido em 2kg sobretudo devido a uma reformulação do quadro. A ponteira de escape em titânio é standard, o guiador é à prova de vibrações, o painel de instrumentos foi redesenhado, e está equipada de série com “quick shifter” bidireccional. A semi-carenagem é agora mais minimalista, e está disponível em novas cores.

A "Sport Adventure" S 1000 XR foi refinada para 2017. Passa também a ter mais potência (165cv às 11.000 rpm) e vê a capacidade de carga aumentada em 10kg. Também o guiador passa a ser à prova de vibrações. Além do Vermelho e do Cinzento, estará disponível uma nova cor: Azul metalizado.

AdM @ 6-10-2016 16:02:44


Mais