Disturbed Cadaver by Mortagua Fighter

O resultado de muita imaginação, muita competência e 18 meses de trabalho.

AdM @ 17-3-2017 20:26:19

Carlos Rodrigues, mais conhecido por Mortágua Fighter, dispensa apresentações para quem estiver ligado ao mundo das transformações de motos.

Um nível técnico muito elevado, complementado por uma decoração bastante elaborada com níveis de acabamento muito elevados, são as principais características dos trabalhos deste construtor.

Frequentemente premiado ao mais alto nível, nos mais conceituados concursos nacionais, destacando-se os Bike-Shows de Faro e Góis, as suas construções são exuberantes, originais, carismáticas e cheias de pormenores que se vão descobrindo devagar, uns atrás dos outros, num crescendo de surpresas e admiração. 

O seu mundo são as Street Fighters, motos destinadas a não dar qualquer hipótese à concorrência, com o seu aspecto agressivo, as suas linhas vincadas e os seus motores potentes, prontos a devorar a borracha dos pneus.

Desta vez, da vila de Mortágua, e directamente da imaginação de Carlos Rodrigues, acaba de nos chegar o resultado de 18 meses de trabalho aturado e de um orçamento muito respeitável: a radical Disturbed Cadaver.


A animá-la está o motor de uma Suzuki GSX-R 1100, refrigerado a óleo, instalado num quadro construído de raíz pelo Carlos, que tomou nas mãos a tarefa de também construir a complexa suspensão, a invulgar direcção, o elaborado depósito de combustível, o singelo sistema de escape, o ameaçador farol dianteiro e a escassa carenagem.

Pormenores para contemplar não faltam, desde o exclusivo sistema de suspensão dianteiro, à direcção com monobraço que integra duas rótulas de automóvel, passando duplo amortecedor traseiro que funciona sobre outro monobraço, pelo sistema de fixação do cabo do acelerador, em elástico, unindo as duas metades do depósito de combustível, por todos os pormenores em latão, incluindo os poisa-pés maciços torneados, e as luzes, em LED, camufladas.

Da moto original, apenas existem ainda os carburadores e a ignição electrónica. As jantes são umas OZ de 17 polegadas, inevitavelmente modificadas, que calçam pneus 120/55 e 190/65.

A estonteante pintura, que contrasta com o negro do motor e das rodas, esteve a cargo da Joe’s Garage de Arganil, e sendo um trabalho de elevado nível combina perfeitamente com o tema "Steampunk" retro-futurista da construção.


A Disturbed Cadaver é a oitava produção do Mortágua Fighter e promete vir a arrasar nos próximos Bike Shows. 

Abaixo ficam as imagens, que descrevem bastante melhor a Disturbed Cadáver do que quaisquer palavras. Atente nelas...

Fotos: Paulo Santos
Modelo: Ana Carolina

AdM @ 17-3-2017 20:26:19



Últimas notícias