Moto Guzzi V7 III com novas versões: Carbon, Milano, Rough

Diversos níveis de acabamento que tornam ainda mais atractivas as 7 e meio de Mandello del Lario.

andardemoto.pt @ 13-11-2017 17:05:48

A mais bem sucedida gama de motos da Moto Guzzi, que em 2017 viu chegar ao mercado a sua versão actualizada e compatível com a normativa Euro4 (pode clicar aqui e ver o nosso teste) vai crescer para 2018, com a introdução de 3 novos modelos. Para além da Stone, da Special e da Racer, agora a escolha é muito maior.


V7 III Carbon

É o único membro da família V7 actual, produzido em edição limitada e numerada. Combina os seus traços clássicos com a modernidade da fibra de carbono utilizada em alguns componentes, como os guarda-lamas e as tampas laterais.

A pintura, em negro mate, é decorada com apontamentos de vermelho, que vão desde a àguia do depósito, até às tampas das cabeças dos cilindros, passando ainda pela pinça do travão dianteiro, fabricada pela Brembo. Também os pespontos do assento são em vermelho.
Outros pormenores, como o tampão do depósito de combustível maquinado, emprestam à V7 III Carbon, o aspecto exclusivo digno de uma série limitada. A recordar esse mesmo facto, há uma placa nos suportes do guiador, que identifica todos os 1921 (o ano do nascimento da Moto Guzzi) modelos que irão ser produzidos.


V7 III Rough

A Rough salta imediatamente à vista pelos seus pneus de tacos, montados em jantes de raios. É uma moto urbana com um aspecto rural, que apresenta ainda mais alguns acabamentos de bom gosto, como os guarda lamas e as tampas laterais em alumínio.

V7 III Milano

Partindo da base da V7 III Special, a Moto Guzzi manteve o aspecto luxuoso e clássico, cheio de cromados, mas instala nesta versão jantes de alumínio que lhe conferem um aspecto mais contemporâneo.

andardemoto.pt @ 13-11-2017 17:05:48