SBK 2021 Jerez – Razgatlioglu vence a dobrar e aumenta vantagem para Rea

A luta pelo título de campeão do Mundial Superbike teve mais um episódio. O turco Toprak Razgatlioglu voltou a vencer a dobrar em Jerez e aumenta a vantagem para Jonathan Rea.

andardemoto.pt @ 27-9-2021 11:53:22

Num fim de semana que ficou, infelizmente, marcado pela dolorosa morte do jovem espanhol Dean Berta Viñales na corrida de Supersport 300, a categoria Superbike do Mundial SBK apenas realizou duas corridas de duração completa no circuito Jerez Ángel Nieto, com os responsáveis a “riscarem” a habitual e popular corrida Superpole num programa de fim de semana profundamente alterado.

Foi assim, num ambiente marcado pelas diversas homenagens ao jovem piloto espanhol no paddock do traçado andaluz, que a categoria Superbike e a luta pelo título de campeão teve mais um episódio.

Toprak Razgatlioglu (PATA Yamaha with Brixx) queria alargar a vantagem de um ponto que detinha sobre Jonathan Rea (Kawasaki Racing Team) à chegada a esta ronda espanhola. E a verdade é que o piloto turco e a sua Yamaha R1 voltaram a estar ao mais alto nível, saindo de Jerez com uma vantagem alargada para vinte pontos sobre o rival norte-irlandês.



Na Corrida 1 das Superbike, os dois grandes rivais na luta pelo campeonato envolveram-se em mais uma batalha de cortar a respiração. Jonathan Rea conseguiu estar na liderança grande parte da corrida, mas Toprak e a sua R1 não se deixavam ficar muito para trás da traseira da Kawasaki Ninja ZX-10RR. O líder do campeonato tentou uma primeira ultrapassagem, aproveitando aquele que será o seu ponto mais forte, a travagem, mas não conseguiu completar a manobra e os dois rivais acabaram mesmo por se tocar e permitir que o grupo de perseguidores se aproximasse.

Com Rea a conseguir sair ileso desse primeiro contacto, Toprak voltou à carga pouco depois, e na curva 1 de Jerez voltou a usar a sua enorme capacidade nas travagens para finalmente passar Jonathan Rea, que imediatamente tentou responder mas sem sucesso.

Faltavam seis voltas para o fim da Corrida 1 de Superbike, e Toprak Razgatlioglu foi então aguentando a liderança em pista, e mesmo com Rea a fazer a volta mais rápida dessa corrida, acabou por ser o piloto turco a ir esticando a vantagem para cruzar a linha de meta com mais de um segundo de vantagem sobre Jonathan Rea.

Mais atrás, Scott Redding (Aruba.it Ducati) foi terceiro após excelente batalha em pista com Andrea Locatelli (PATA Yamaha with Brixx).



Na Corrida 2, e com Toprak Razgatlioglu a assumir a liderança assim que os semáforos apagaram, Scott Redding e Michael Ruben Rinaldi nas duas Ducati Panigale V4 R oficiais rapidamente assumiram as despesas de perseguição ao líder da corrida, enquanto Jonathan Rea não mostrava ter argumento para se manter com os primeiros classificados e descia na classificação.

Redding conseguiu mesmo superiorizar-se ao seu companheiro de equipa Rinaldi, e começou então a definir a sua estratégia de ataque a Razgatlioglu. Uma estratégia bem definida e que deu bons resultados na 17ª das 20 voltas da corrida. Redding passou mesmo o piloto turco, que, no entanto, nunca desistiu e acabou mesmo por recuperar a liderança na volta seguinte e a partir daí não mais foi passado e obteve a sua 10ª vitória da temporada e dobradinha nesta ronda de Jerez.

Com Scott Redding a conseguir o seu pódio número 50 no Mundial Superbike, o seu companheiro de equipa Rinaldi não teve tanta sorte e acabou fora da luta pelo pódio com uma perda de várias posições nos momentos finais da corrida.


Com um forte ataque final, o último lugar no pódio foi ocupado pelo espanhol Alvaro Bautista (Team HRC), que voltou a subir ao pódio das Superbike com a Honda CBR1000RR-R, e tem demonstrado uma evolução assinalável em termos de performance para a moto japonesa nestas corridas mais recentes.

Quanto à classificação do Mundial Superbike, temos agora Toprak Razgatlioglu com 449 pontos, seguido de Jonathan Rea com 429 pontos, e Scott Redding fecha o “top 3” com 375 pontos.

Recordamos que a próxima ronda do Mundial Superbike realiza-se no Autódromo Internacional do Algarve de 1 a 3 de outubro, esta que será a segunda passagem deste campeonato pelo nosso país, desta feita no traçado algarvio depois de já terem competido no circuito do Estoril no início da temporada.

Esta será também a última ronda em solo europeu, pois depois de Portimão no próximo fim de semana, o paddock do Mundial Superbike viaja para a Argentina para aquela que será a penúltima prova de 2021, temporada que termina de 19 a 21 de novembro na Indonésia.

andardemoto.pt @ 27-9-2021 11:53:22


Clique aqui para ver mais sobre: Desporto