CNV, 2022, Estoril 2- Antevisão do regresso ao Circuito Estoril

É a terceira ronda da época

O Campeonato Nacional de Velocidade está de volta ao Estoril para o que promete ser mais um fim-de-semana repleto de animação.

andardemoto.pt @ 4-7-2022 19:53:16

Cerca de dois meses após o arranque da época no Estoril, e pouco mais de um mês depois da segunda jornada disputada a Sul, pilotos, motos e equipas do Campeonato Nacional de Velocidade de Portugal regressam ao traçado do Estoril este fim-de-semana entre os dias 9 e 10 de Julho.

Como é usual, o programa conta com duas corridas em agenda, uma no sábado e outra no domingo, com um total esperado de cerca de 100 pilotos.

Na categoria rainha nacional, as Superbike, André Gonçalves defende a liderança do Campeonato de Romeu Leite e Tiago Morgado.

Gonçalves vem fresco de duas vitórias no Algarve, mas Leite foi quem bisou na abertura do ano no Circuito Estoril, enquanto Morgado quer-se estrear no mais alto do pódio.

Nas Superstock 600, com três segundos lugares e uma vitória, Pedro Fragoso é o líder com 29 pontos de margem sobre o rival mais direto. Algo que já não se pode dizer em relação a Marco Diaz, Guillem Trallero, Vasco Esturrado e Miguel Duarte, pois o quarteto completa o Top 5 separado por apenas 15 pontos.

Já no que toca às Supersport 300, Dinis Borges e Tomás Afonso estão separados . por dois pontos, e a luta pela supremacia entre estes está garantida, mas os dois primeiros lugares de José Saez na abertura da época deixa este a 32 pontos da frente e com 11 de vantagem sobre Martim Jesus e Isaac Rosa.

Na PréMoto 3 o trio composto por Afonso Almeida, Rui Afonso e Martim Marco pode representar um pelotão pequeno no meio da mais numerosa lista de inscritos da Superstock 300, mas nem por isso oferece menos motivos de interesse.

Afonso tem ainda de quebrar o enguiço e subir ao mais alto do pódio, um resultado que não só lhe pode dar mais margem sobre Marco, mas também aproximá-lo de Almeida, que segue isolado no topo com uma margem de 18 pontos.

Enquanto isso, nas quarto de litro da Moto5, o domínio de Lourenço Vicente tem sido absoluto e Alexandre Cabá detém o pleno de segundos lugares, enquanto David Dias tem um quarto lugar em Portimão a juntar-se ao trio de terceiros lugares.

O mesmo, mas de forma invertida por parte de Martin Lourenço, que segue em quarto da geral a seis pontos do mais baixo do pódio provisório da classe.

Já nas mais pequenas 85GP/Moto 4, Pedro Matos segue intocável na frente após quatro vitórias numa categoria onde os demais não pontuaram na segunda ronda, pelo que agora nesta segunda visita ao Circuito Estoril o interesse deverá estar nas lutas pelas restantes posições da geral ou então, para os arautos da desgraça, num eventual deslize do líder.

No que toca aos Troféus, no TLC João Curva chega em vantagem numa luta a quatro onde a maior disputa se faz pelo segundo lugar entre Fernando Mercier, Carlos Pinheiro e Alexandre Laranjeira, mas na Copa Dunlop Motoval e nas Naked Bikes é justo dizer que todas as apostas são válidas.

Com três vitórias e um segundo lugar, Miguel Romão é o alvo a bater na Dunlop Motoval, mas com 15 pontos entre segundo, Ricardo Rodrigues, e sexto, Tomás Pio, será aqui que todas as emoções prometem estar.

Isto enquanto nas Naked Bike o mais certo serão dois tipos de lutas muito animadas. Uma entre Pavel Bogdanov e Paulo Vicente, primeiro e segundo classificados da geral, com seis pontos de diferença entre si, e a outra entre Duarte Amaral, Nuno Farias, Frédéric Bottoglieri e Ricardo Almeida.

Tudo isto promete ser um fim-de-semana repleto de acção e emoções no Circuito Estoril em mais uma jornada competitiva com a assinatura do Motor Clube do Estoril.

andardemoto.pt @ 4-7-2022 19:53:16


Clique aqui para ver mais sobre: Desporto