SBK, 2022, Catalunha - Iremos ver um novo recorde de velocidade em Barcelona?

SBK cada vez mais rápidas

Com uma grande reta e com os tempos cada vez mais rápidos, a velocidade máxima é um ponto em discussão antes da 8ª ronda no Circuito da Catalunha 

andardemoto.pt @ 21-9-2022 13:59:40 - Paulo Araújo

O Mundial Motul Superbike 2022 aterrou para a oitava ronda no Circuito de Barcelona-Catalunya em Espanha. O local lendário, novo no calendário das SBK em 2020, está pronto para um terceiro ano de drama e emoção e com uma batalha pelo título mais quente do que nunca.

No entanto, em dois anos, temos visto uma imprevisibilidade incrível e este ano talvez também um novo recorde de velocidade máxima... o guia de estatísticas da ação deste fim-de-semana está aqui.

331.3 - Antes de uma bandeira vermelha na Superpole no ano passado, Álvaro Bautista colocou o Team HRC no topo do recorde de velocidade máxima para a pista. O recorde absoluto de velocidade máxima é de 331,9, por Chaz Davies numa Aprilia em 2012 em MotorLand Aragón, no antigo traçado.

190 - O próximo pódio para Jonathan Rea (Kawasaki Racing) será o seu 190º todos em a Kawasaki. São 60 a mais do número total de pódios que Troy Corser conseguiu com seis fabricantes diferentes e nenhum deles com a Kawasaki (Ducati, Aprilia, Petronas, Suzuki, Yamaha, BMW). 


51 – A Pole de Barcelona do ano passado foi a 51ª e última para Tom Sykes nas SBK, um recorde de todos os tempos. Vai manter-se até pelo menos 2023, pois o piloto ativo com o maior número de poles é Jonathan Rea com apenas 39.

27 - Toprak Razgatlioğlu (Pata Yamaha) está a apenas uma vitória do nono lugar da tabela de pilotos com mais vitórias de todos os tempos, atualmente ocupado pelo duplo Campeão do Mundo Doug Polen (27 vitórias). A sua 26ª vitória coloca-o em décimo lugar, duas vitórias mais do que Carlos Checa e Álvaro Bautista.

19 - Álvaro Bautista (Ducati Aruba), Razgatlioğlu e Rea partilharam um pódio 19 vezes, o segundo valor de sempre: o recorde absoluto é de 31 pódios partilhados entre Davies-Rea-Sykes (2014-2019).

17 – Razgatlioğlu liderou pelo menos uma volta nas últimas 17 corridas: os dados estão disponíveis desde 1998 e é a melhor etapa desde então: 12 por Colin Edwards.


13 - A Yamaha está na sua melhor série de filas da frente da Superpole: 13 depois de Magny-Cours. O mesmo para Razgatlioğlu, o primeiro piloto da Yamaha com 13 filas de frente seguidas. O recorde é de 17, estabelecido por Scott Russell da Kawasaki, de Brands Hatch 1993 a Albacete 1994.

12 - Rea está numa seca de 12 corridas sem vitórias, a sua mais longa desde 2012-2013, quando saiu do degrau superior para 33 corridas desde Miller Motorsports Park em 2012 até à Moscow Raceway, 2013.

10 - Nada menos que dez pilotos chegaram ao pódio em Barcelona em apenas seis corridas: o recorde pertence a Rea e Redding, ambos com três.

6 - Em 2020, o Circuito de Barcelona-Catalunya fez a sua primeira participação no Campeonato Mundial de SBK, tornando-se a sexta pista espanhola na história.

5x6 - Cinco vencedores diferentes saíram de seis corridas até agora: o único a registar uma segunda vitória foi Rea (2020 Corrida 1 e 2021 Tissot Superpole). Os outros vencedores são Michael van der Mark, Chaz Davies, Scott Redding e Michael Ruben Rinaldi.
As vitórias vieram sempre dos cinco primeiros da grelha: apenas Rea ganhou da pole (2020 Corrida 1), enquanto que a vitória do lugar mais baixo da grelha foi Rinaldi, ganhando do quinto lugar no ano passado.

3x3 - Em 2020, as três vitórias foram para três pilotos de três fabricantes diferentes: Jonathan Rea (Kawasaki), Michael van der Mark (Yamaha), Chaz Davies (Ducati). Em 2021, as vitórias foram divididas pela Ducati (Corrida 1 Redding, Corrida 2 Rinaldi) e pela Kawasaki (Corrida Superpole: Rea).

3x3x2 - Os três primeiros lugares na grelha em 2020 foram ocupados por três pilotos com três motos diferentes: Rea (Kawasaki), Razgatlioğlu (Yamaha), Bautista (Honda). Aconteceu novamente em 2021: Sykes (BMW), Razgatlioğlu (Yamaha), Rea (Kawasaki). 

2 - Até agora, o melhor resultado da Ducati em Superpole é um 4º por Redding no ano passado: isto significa que esta é uma das duas pistas em que eles correram mas não partiram da primeira fila depois da Superpole, juntamente com Istambul. A Ducati partiu da primeira fila em 50 pistas diferentes até agora.

andardemoto.pt @ 21-9-2022 13:59:40 - Paulo Araújo


Clique aqui para ver mais sobre: Desporto