Gonçalo Reis em bom ritmo no Mundial de Enduro

Intensas têm sido as última semanas do piloto Gonçalo Reis divido entre as provas do Campeonato do Mundo de Enduro e o Nacional de Enduro em Espanha.
Na semana passada foi a vez de se disputar a terceira prova do Nacional de Espanha da modalidade onde Reis esteve absolutamente magistral, num percurso que parecia ter sido feito de propósito para si, depois da chuva ter aparecido em força. Em Valverde del Camino o factor decisivo foi uma longa e inclinada Extreme Test onde o piloto da Fantastic Win esteve brilhante cavando aí a vantagem para os seus mais directos adversários e que o levaria a terminar os dois dias de competição no pódio.

andardemoto.pt @ 24-9-2012 10:50:43

Intensas têm sido as última semanas do piloto Gonçalo Reis divido entre as provas do Campeonato do Mundo de Enduro e o Nacional de Enduro em Espanha.
Na semana passada foi a vez de se disputar a terceira prova do Nacional de Espanha da modalidade onde Reis esteve absolutamente magistral, num percurso que parecia ter sido feito de propósito para si, depois da chuva ter aparecido em força. Em Valverde del Camino o factor decisivo foi uma longa e inclinada Extreme Test onde o piloto da Fantastic Win esteve brilhante cavando aí a vantagem para os seus mais directos adversários e que o levaria a terminar os dois dias de competição no pódio.


O próximo desafio de Gonçalo Reis seria o Mundial de Enduro depois de disputadas as duas jornadas na América do Sul, onde o piloto não marcou presença, a caravana do Mundial deslocou-se até à localidade basca de Munitibar onde, em terreno montanhoso, o piloto da Gas Gas iria evoluir de forma bastante satisfatória mostrando o verdadeiro potencial da sua Gas Gas oficial no duro e enlameado terreno desta prova. Com uma concorrência cerrada e a chuva a cair com intensidade durante os dois dias de prova, Reis iria ter algumas dificuldades na Enduro Test disputada entre árvores e com muitas raízes. Aí, Reis, não evitaria algumas quedas que o impediram de progredir mais na tabela classificativa terminando o primeiro dia de competição no 11º lugar. No segundo dia, já com o terreno mais seco, seria a Especial de Motocross que ditaria a subida de diversas posições de Gonçalo Reis na tabela classificativa. Esta especial totalmente em relva e muito técnica foi a classificativa que mais prazer de condução deu ao piloto português que assim terminaria o segundo dia de prova no 8º posto da Classe E1 numa excelente demonstração do actual bom momento de forma de Reis. Gonçalo Reis: “Estas duas semanas passadas foram intensas. Estive em Espanha, no CNE e de seguida no Mundial também em Espanha. No CNE não me senti muito bem em cima da mota, andava muito preso, mas mesmo assim na última especial ataquei e consegui fazer segundo por décimas. No Mundial, pensava que estava a correr em França, pois o tipo de terreno e condições atmosféricas eram características deste país. Foi uma corrida muito gira. Diverti-me imenso no percurso que era muito técnico e todo quase dentro de sulcos. As especiais estavam excelentes e a prova desta vez teve uma duração de 8 horas. No 1º dia fiz 11º e no 2º dia fiz 8º. Senti-me bem em ambos os dias. Tive apenas umas quedas mas nada de lesões. Agora já ando a ver as especiais de Enduro Mundial de Torres Vedras para que tudo corra pelo melhor na prova do Mundial em Portugal.”
Classificações Mundial de Enduro Espanha 1º dia: Antoine Meo (FRA) 48m57s, 2º Marc Bourgeois (FRA) a 52s, 3º Ero Remes (FIN) a 1m, 4º Simone Albergoni (ITA) a 1m12s, 5º Rodrig Thain (FRA) a 1m30s... 11º Gonçalo Reis (POR) a 3m17s 2º dia: 1º Antoine Meo (FRA) 38m09s, 2º Thoma Oldrati (ITA) a 56s, 3º Simone Albergoni (ITA) a 1m09s, 4º Fabien Planet (FRA) a 1m23s, 5º Nicolas Deparrois (FRA) a 1m28s... 8º Gonçalo Reis (POR) a 3m08s Fonte: Gonçalo Reis

andardemoto.pt @ 24-9-2012 10:50:43