Sabe o que significa o Euro5?

Desde 1 de janeiro de 2020 todas as novas motos que homologadas para comercialização na União Europeia têm de cumprir com as normas Euro5. Mas será que você sabe ao certo o que isso significa? E o que acontece às motos Euro4?

andardemoto.pt @ 4-1-2021 13:22:40

As diversas instituições que regulam as nossas vidas através das mais variadas formas e leis, estão cada vez mais a tentar que os veículos que utilizamos para nos movimentarmos sejam mais amigos do ambiente.

Ao longo dos anos temos visto serem introduzidas e aplicadas normas anti-poluição que vão apresentando limites cada vez mais apertados. E só cumprindo com essas normas é que as marcas podem homologar e colocar à venda os diversos modelos e novidades que podemos comprar num concessionário.

2020 marcou assim a entrada em vigor de uma nova norma europeia de homologação para motociclos: a Euro5.

Como o nome indica, Euro5 é uma evolução da Euro4 que foi utilizada até agora.


Quando entrou em vigor a norma Euro5 nas motos?


Desde 1 de janeiro de 2020 que todos os motociclos que sejam homologados para comercialização na União Europeia têm de cumprir com a norma Euro5. Os motociclos que foram homologados antes dessa data tiveram ainda um ano em que puderam continuar a ser vendidos respeitando a norma Euro4, sendo que a partir de 1 de janeiro de 2021 foram obrigados a passar a cumprir com a Euro5.

No entanto, e quando se pensava que os concessionários europeus não poderiam matricular mais motos novas de acordo com a norma Euro4 a partir de 1 de janeiro de 2021, o Conselho da União Europeia e o Parlamento Europeu decidiram fazer uma alteração à lei da norma Euro5.

Numa decisão muito aplaudida pela Associação Europeia de Fabricantes de Motos (ACEM), estas duas entidades decidiram permitir que os representantes europeus das diferentes marcas de motos pudessem continuar a comercializar modelos Euro4 até 31 de dezembro de 2021.

Esta alteração à medida conhecida como “Fim de Série” (End-of-Series em inglês) permite que os concessionários europeus possam assim escoar o stock de motos que, supostamente, não poderiam ser matriculadas a partir de início de 2021.

Esta alteração à lei que regula as normas Euro5 apenas é válida para as motos que estavam já em stock no momento em que as medidas de confinamento foram sendo aplicadas nos diferentes países europeus.


O que é a norma Euro5?


As novas normas Euro5 são o equivalente às normas Euro6 que são aplicadas aos automóveis, e são obrigatórias para todos os ciclomotores, motociclos, triciclos e quadriciclos vendidos na União Europeia.

A inovação técnica da indústria do motociclismo tem tido um papel importante no controlo das emissões poluentes. Desde que a normativa Euro1 foi introduzida em 1999 que as diversas entidades que controlam a qualidade ambiental na União Europeia têm referido melhorias a nível da poluição, mostrando a eficácia das normas anti-poluição.

As emissões combinadas de hidrocarbonetos e dos gases NOx diminuiram 96,6%. Simultaneamente as emissões de monóxido de carbono reduziram em 92,3%.

Sob a norma Euro5 não será permitido aos veículos da categoria L – ciclomotores, motociclos, triciclos e quadriciclos – ultrapassar as 1,000 mg/km de monóxido de carbono, 100 mg/km de total de hidrocarbonetos, 68 mg/km de hidrocarboneto não-metano, 60 mg/km de óxido de nitrogénio e ainda 4,5 mg/km de partículas. Estes limites impostos pela Euro5 são iguais aos que se aplicam aos automóveis na norma Euro6.

Outro ponto a destacar nesta norma de homologação europeia, são as motos equipadas com sistema de diagnóstico a bordo (OBD) de nível 2. Este sistema permitirá controlar de uma forma mais detalhada e avançada eventuais falhas nos diversos sistemas de controlo de emissões das motos.

Há exceções que não têm de cumprir com a norma Euro5?


Se é verdade que a norma Euro5 para os veículos da categoria L entrou em vigor a 1 de janeiro de 2020, também é verdade que existem no entanto algumas exceções: motos de enduro, de trial, quadriciclos e triciclos “leves” usados para trabalho, terão um pouco mais de tempo para se adaptarem à nova norma.

De acordo com a União Europeia, estes modelos têm até 1 de janeiro de 2024 para cumprir com a Euro5.

andardemoto.pt @ 4-1-2021 13:22:40


Clique aqui para ver mais sobre: MotoNews