Moto3, 2022, Le Mans: Fenomenal Foggia na Pole

É a primeira pole do Italiano

O italiano da Honda Leopard tem sido intocável todo o fim-de-semana em Le Mans e acabou na pole, enquanto Tatsuki Suzuki e Jaume Masia se juntam a ele na fila da frente  

andardemoto.pt @ 14-5-2022 13:58:00 - Paulo Araújo

Tem sido domínio absoluto de Dennis Foggia durante todo o fim-de-semana no Grand Prix de France, com o piloto da Leopard Racing e candidato ao título a acabar numa primeira pole da sua carreira.
O italiano sacou um 1:41.621 para garantir que levava para casa o relógio Tissot de Le Mans e deu a si próprio 0,151s de vantagem sobre o companheiro de equipa Tatsuki Suzuki.
A juntar-se à dupla Leopard na primeira fila está Jaume Masia (KTM Red Bull Ajo), com o espanhol à procura de uma segunda vitória e o quarto pódio da época ao alcance. Sob o sol francês, Deniz Öncü (KTM Red Bull Tech3) liderou o Q1 para selar o seu lugar na batalha pela pole, com o herói caseiro Lorenzo Fellon (SIC58 Squadra Corse), Matteo Bertelle (QJMotor Avintia Racing Team) e Riccardo Rossi (SIC58 Squadra Corse) a juntarem-se ao turco entre os quatro melhores pilotos da sessão. Eles alinharam na Q2 esperançosos, mas seria preciso algo especial para negar Foggia o seu momento.
Quando as largadas iniciais chegaram ao fim, foi pouca surpresa ver toda a gente atrás das Honda Leopard, com Foggia e Suzuki nos dois primeiros lugares.


Nos três minutos finais, a classe leve teve tempo para mais umas voltas voadoras.
Masia fez um esforço suficientemente bom para o colocar entre os três primeiros na sua primeira tentativa, com Carlos Tatay (CFMoto Racing PruestelGP) também a subir nas tabelas.
Nenhum dos dois primeiros tinha melhorado, enquanto vários pilotos iluminavam o primeiro sector a vermelho, mas de todos eles, o estreante Diogo Moreira (MT Capacetes - MSI) estava melhor posicionado para tomar uma pole de choque.
No entanto, não conseguiu manter o ritmo até ao fim e terá de se contentar com 4º, enquanto Tatay baixou para quinto. 
Havia ainda um piloto que podia desalojar Foggia, que era o líder do Campeonato Sergio Garcia (Gaviota GASGAS Aspar Team). Depois de um encorajador primeiro par de sectores, o espanhol perdeu tempo na segunda parte do circuito e no final terá de atacar a partir do sétimo lugar na grelha, atrás de Andrea Migno, de Rivacold Snipers, em 6º. Enquanto Garcia registava o seu melhor tempo do fim-de-semana, Foggia fez mais uma volta estonteante para ajudar a consolidar a sua posição no topo da tabela de tempos.

andardemoto.pt @ 14-5-2022 13:58:00 - Paulo Araújo


Clique aqui para ver mais sobre: MotoGP