A ciência da proteção off-road nos capacetes Bell

A Bihr abre caminho para um novo patamar de proteção através dos novos capacetes da Bell, Moto-9 Flex e MX-9, graças à tecnologia mais avançada.

andardemoto.pt @ 31-12-2018 13:36:58

Se é daqueles que gosta devorar quilómetros em caminhos de terra, e descarrega adrenalina em desníveis, saltos e curvas fechadas, sabe que ter um capacete adequado para a disciplina off-road é essencial. O capacete, por si só, já é um elemento de proteção indispensável, mas em terrenos onde o risco é elevado, tem ainda mais importância. Por tal razão, o distribuidor europeu líder, Bihr, põe à sua disposição a tecnologia mais avançada da Bell, de modo a poder desfrutar da lama sem preocupações.

No motocross —e no mundo off-road em geral— o piloto fica muito mais exposto a fatores externos. Por isso, a Bell, ciente das particularidades desta disciplina, e graças aos seus 60 anos de experiência, investigou as forças envolvidas nos impactos e  efetuou provas exaustivas num vasto elenco de cenários, a fim de melhorar a tecnologia e a segurança dos seus capacetes.  
Uma das tecnologias que incorporou em relação à gestão da energia foi o sistema MIPS. Com base nos resultados das provas, a Bell chegou à conclusão de que um impacto angular é muito mais grave do que um rotacional —no primeiro, a concentração de força produz-se em um único ponto—, pelo que, desde 2017, os seus capacetes incorporam já esta tecnologia de proteção de impacto multidirecional, que foi melhorada e aperfeiçoada ao longo do tempo.


O MIPS consiste numa camada de baixo atrito, localizada entre a espuma e o forro, que permite a movimentação independente do capacete ao redor da cabeça em caso de queda, a imitar o próprio sistema de proteção do cérebro —suavizando as forças de rotação geradas e reduzindo assim o risco de lesão, até cerca de 40% em relação a um capacete convencional. Para tal, utiliza uma camada de deslizamento ligada ao MIPS através de quatro bandas de elastómeros, que conferem uns milímetros de espaço em todas as direções.  

Além disso, em alguns dos capacetes off-road da Bell é incorporado o sistema de proteção Flex, através do qual se consegue uma eficiente absorção do impacto, quer seja a baixa, a média ou alta velocidade. Para tal, dispõe no seu interior de um componente diferente segundo o tipo de impacto: o EPO (poliolefina expandida) irá atuar em baixa velocidade; o EPP (polipropileno expandido) irá atuar em velocidade média, e o  EPS (poliestireno expandido) em alta velocidade. Por último, para um ótimo funcionamento conjunto do sistema, o EPO encontra-se localizado entre as camadas EPP e EPS.


Para satisfazer as necessidades dos pilotos mais experientes, esta tecnologia está presente num dos porta estandartes da Bell: o Moto-9 Flex e Moto 9 MIPS, bem como no capacete de acesso à gama e o MX-9 Mips.

Como elementos de segurança suplementares, estes modelos dispõem além de calota em carbono, leve e resistente, fecho em dupla argola em aço, sistema de remoção de emergência, e as certificações DOT (EUA), Snell M205 (Japão) e ECE (Europa). 
No site da Bihr dispõe de todos os modelos e designs da gama off-road da Bell, cujo preço começa nos 189,99 €, para os MX-9, e vai até aos 749,99 €, no caso dos Moto-9 réplica.

andardemoto.pt @ 31-12-2018 13:36:58