Conjunto Goldenbat: REV'IT! e Schuberth - Urbano "chic"

Três equipamentos de marcas representadas em Portugal pela Goldenbat e para o motociclista urbano que não dispensa o seu lado “chic”. Capacete Schuberth C4 Pro Carbon na nova versão Fusion Red, blusão REV’IT! Trench GTX, e ainda as luvas REV’IT! Hydra 2 H2O.

andardemoto.pt @ 22-1-2020 12:00:00 - Texto: Bruno Gomes | Fotos: Luis Duarte

Capacete Schuberth C4 Pro Carbon Fusion Red

Para os motociclistas que não olham a qualquer tipo de compromissos enquanto conduzem a sua moto, a marca alemã Schuberth acaba de disponibilizar no mercado nacional, e através do seu importador Goldenbat, a nova coleção de capacetes modulares C4 Pro Carbon.

Disponíveis em 2020 em três novas cores, o Andar de Moto já teve a oportunidade de poder ter um primeiro contacto com esta novidade no segmento de capacetes modulares, e o capacete que pode ver nas fotos que acompanham este artigo é a variante Fusion Red, bastante bem conseguida e que confere ao capacete modular uma imagem bem desportiva.

Como o nome deste Schuberth indica, estamos perante um capacete fabricado em fibra de carbono. Na realidade o C4 Pro Carbon conta com uma calota 100% fabricada em fibra de carbono, o que se traduz num peso anunciado de 1600 gramas. E de facto essa leveza sente-se desde o primeiro momento em que colocamos o C4 Pro Carbon na cabeça. Para um capacete modular é bastante leve.

O design da calota foi criado tendo em conta os testes no túnel de vento que a Schuberth detém na Alemanha. Em resultado desses testes, esta versão topo de gama do C4 Pro é ainda mais aerodinâmica, revelando-se um companheiro ideal para as viagens nas motos turísticas capazes de atingir velocidades bem elevadas.

Dos testes no túnel de vento a Schuberth aproveitou para melhorar a acústica C4 Pro Carbon em relação ao C4 Pro. Isto significa que esta versão melhorada conta com um novo colar que, quando o capacete está totalmente fechado, reduz o ruído para apenas 85 dB a 100 km/h. A nossa audição poderá agradecer esta melhoria, mas no meu caso, que tenho um pescoço um pouco mais largo e que não gosto de me sentir “preso”, este novo desenho do colar do C4 Pro Carbon revelou-se um pouco mais apertado do que eu gostaria de sentir.

Ainda assim, o conforto do forro interior, removível e lavável, é muito bom. O tecido Coolmax é bastante suave, as costuras e reentrâncias das almofadas internas estão bem posicionadas, e desde o primeiro momento em que colocamos o capacete na cabeça ficamos agradados com o cuidado tido na sua conceção.

A viseira exterior transparente já vem com o Pinlock 120 instalado de fábrica. Para os motociclistas mais preguiçosos, ou que não têm tanto jeito para aplicar o Pinlock, este é um detalhe muito bem-vindo. O campo de visão é bastante bom, tanto horizontal como vertical, o que em condução irá permitir adotar diversas posições de condução sem afetar a nossa visão.

A viseira interior escurecida merece também uma nota bem positiva. Noutros capacetes modulares por vezes a viseira interior não desce totalmente até abaixo, fica quase a meio da nossa linha de visão. E isso incomoda. No caso do C4 Pro Carbon isso não acontece, e mesmo nos dias de maior luminosidade bastará acionar o botão deslizante do lado esquerdo do capacete, bem posicionado, e rapidamente teremos a nossa vista protegida dos raios solares.


Por falar em botões, a Schuberth sempre foi conhecida pela boa ergonomia. E neste capacete “premium” isso continua a ser um ponto fulcral. As duas entradas de ar frontais, uma na queixeira e outra na testa, são fáceis de abrir e fechar, mesmo com luvas. E o mesmo acontece com o botão (vermelho) na parte inferior da queixeira, que permite desbloquear o mecanismo que depois permite rodar a queixeira para cima, ficando o C4 Pro Carbon aberto. É um movimento fácil e natural.

Sempre com o intuito de inovar, a Schuberth instala de fábrica todos os componentes necessários para a utilização de um sistema de intercomunicadores. Neste caso a marca alemã refere que o C4 Pro Carbon é o primeiro capacete em fibra de carbono que permite a utilização de antenas integradas, as colunas estão inseridas no forro interior, e o microfone é também aplicado na fábrica da marca alemã. Este capacete está preparado para se conectar com os sistemas de intercomunicadores SC1 Standard e SC1 Advanced.

Com um sistema de fecho micrométrico, o Schuberth C4 Pro Carbon já se encontra disponível em Portugal, e nos tamanhos do XS ao XXL.

Capacete Schuberth C4 Pro Carbon Fusion Red
PVP – 779,00€
Informações – Goldenbat / geral@goldenbat.pt

Blusão REV’IT! Trench GTX

O blusão Trench GTX nasceu do impulso da marca holandesa REV’IT em disponibilizar um blusão de aspeto urbano mas que ao mesmo tempo oferecesse características dos blusão de turismo. Assim, o Trench GTX é um blusão para uso todo o ano!

A primeira noção com que ficamos quando temos o Trench GTX na mão, é que para além de leve, nota-se que é um equipamento robusto, preparado para enfrentar tudo o que uma utilização urbana tem para lhe atirar. Os fechos ZIP são fáceis de deslizar, embora os fechos do dois bolsos exteriores sejam um pouco pequenos demais, pelo que a sua utilização com luvas calçadas, principalmente com luvas de inverno, poderá tornar-se complicada.

Pelo contrário, os ZIP dos painéis de ventilação VCS, posicionados mesmo na zona do peito, são grandes, fáceis de manusear mesmo com luvas. Neste ponto particular destaco também a facilidade com que os painéis se abrem e fecham, mantendo-se no lugar através de ímanes e velcro.

Mesmo em andamento não custa nada abrir estes painéis para maximizar a ventilação interna.
O corte do REV’IT Trench GTX é regular. Ou seja, não é demasiado apertado nem demasiado largo. E isso traduz-se em conforto ao longo do dia, e principalmente numa maior liberdade de movimentos em cima da moto em que necessitamos de nos movimentar no assento, olhar para trâs, enfim, movimentar para garantir que usufrimos da nossa moto ao máximo e ao mesmo tempo nos mantemos seguros na estrada.

Este blusão é fabricado em Nylon 400D. Por si só não quer dizer nada mais do que tem uma elevada capacidade de resistência ao desgaste e abrasão, mas a REV’IT decidiu laminar Gore-Tex neste tecido, criando assim uma camada que garante 100% de impermeabilidade e ao mesmo tempo uma boa proteção contra o vento.


Nos dias em que a temperatura ambiente está mais baixa, o forro térmico, removível, garante que a nossa temperatura corporal não desce para níveis de hipotermia. Com diversos ajustes, quer na cintura, quer nos braços através de fitas elásticas, destacamos o ajuste na zona do pescoço. É possível ajustar deslizando o botão e alargando ou apertando o colarinho do blusão facilmente.

Confortável, e com diversos bolsos para arrumar e transportar pequenos objetos, o Trench GTX conta ainda com um nível de proteção assinalável proveniente das proteções SeeFlex nível 2 nos ombros e cotovelos. São maleáveis, estão bem posicionadas para que não se sintam quando usamos o blusão, e garantem que essas zonas do corpo ficam protegidas contra impactos.

Ainda ao nível da segurança, o Trench GTX conta com diversas inserções refletoras, e para visibilidade extra a REV’IT preparou este blusão para receber o colete refletor Neon.

Blusão REV’IT Trench GTX
PVP – 499,00€
Informações – Goldenbat / geral@goldenbat.pt


Luvas REV’IT Hydra 2 H2O

Para os motociclistas que não dispensam de andar de moto mesmo nos dias mais frios e de chuva, a temperatura das mãos é de especial importância. Principalmente para acionar o travão (ou travões). A pensar nestes casos, a REV’IT lançou as luvas Hydra 2 H2O, modelos para uso no inverno e em dias de chuva.

Ao nível técnico, estas Hydra 2 H2O destacam-se pela utilização de um forro de tecido polar e tecido Thinsulate G. Para garantir que as mãos permanecem secas e quentes mesmo depois de várias horas a conduzir moto à chuva e ao frio, a REV’IT utilizou a sua bem conhecida membrana Hydratex na construção do forro que conta ainda com tecnologia McFit para conforto e sensibilidade extra que por vezes se perde em luvas deste tipo.

No exterior a marca holandesa utilizou uma combinação de diversos tipos de materiais. A referência neste particular é a palma da mão fabricada em pele de cabra, enquanto as costas da luva são em PWR elástico para maior liberdade de movimentos.

A proteção é também um ponto importante a destacar nas Hydra 2 H2O. Os nós dos dedos estão protegidos por material rígido, enquanto para proteção adicional foi utilizada um camada extra de PWR na palma da mão.

Em utilização, e conforme se espera de uma luva de inverno, nota-se claramente que são mais volumosas, mas nem por isso senti dificuldades em calçar as luvas. O forro é claramente a melhor característica das Hydra 2 H2O: as mãos ficam quentes rapidamente e nem mesmo o vento frio que se sente por estes dias se faz sentir nos dedos!

O ajuste é feito por punho em tecido elástico que envolve o braço sem ser demasiado apertado, pelo que podemos optar por usar por cima ou por dentro do blusão sem qualque problema. Confortáveis, quentes, e de boa qualidade, será difícil encontrar algo negativo para dizer destas luvas de inverno REV’IT Hydra 2 H2O.

Luvas REV’IT Hydra 2 H2O
PVP – 79,00€
Informações – Goldenbat / geral@goldenbat.pt


andardemoto.pt @ 22-1-2020 12:00:00 - Texto: Bruno Gomes | Fotos: Luis Duarte

Galeria de fotos


Clique aqui para ver mais sobre: Notícias de Equipamentos e Acessórios para Motos