Dakar 2018: Paulo Gonçalves é baixa confirmada

No teste realizado ontem o piloto português sentiu bastantes dores e decidiu não participar no Rali Dakar 2018.

andardemoto.pt @ 4-1-2018 11:39:30

A 40ª edição do Rali Dakar está a começar da pior maneira para as cores portuguesas, e depois de Hélder Rodrigues e Mário Patrão, hoje é a vez de Paulo Gonçalves confirmar que também não estará à partida para a prova rainha do todo-o-terreno mundial.

Depois de viajar para Lima, onde se juntou à equipa nos últimos dias, Paulo Gonçalves realizou ontem um último teste, um “shake down”, para perceber se a condição física iria permitir que participasse no Dakar com possibilidades de cumprir os objectivos, objectivos esses que, sendo “Speedy” Gonçalves um dos maiores nomes do plantel das motos desta prova, passavam sempre por lutar pela vitória.

Infelizmente confirmou-se o pior cenário, e durante o último teste mais exigente, o piloto português confirmou que as lesões contraídas nos preparativos para o Rali Dakar vão ser impeditivas de cumprir com os objectivos, ou sequer de ter uma participação que permita à equipa Monster Energy Honda Rally Team contar com a sua ajuda para derrotar, principalmente, a KTM.


Participar nestas condições físicas poderia significar o agravar das lesões no ombro e joelho, e sendo assim, Paulo Gonçalves não arriscou, e salvaguarda o futuro não comprometendo o resto do ano.

Assim, e ainda antes do Rali Dakar 2018 começar, a comitiva portuguesa nas motos fica reduzida a apenas dois pilotos: Joaquim Rodrigues (Hero) e Fausto Mota (KTM).

Para o lugar de Paulo Gonçalves, e de acordo o website chileno Mundo Rally, a Honda já terá informado a jovem promessa chilena, Ignacio Cornejo, de apenas 23 anos, e que foi Campeão do Mundo Junior em 2016, que esteja preparado para arrancar para este Dakar inserido na equipa oficial da marca nipónica.

andardemoto.pt @ 4-1-2018 11:39:30


Clique aqui para ver mais sobre: Rali Dakar 2018