52º Grande Prémio de Macau –Hickman vencedor em corrida encurtada

Peter Hickman foi declarado vencedor do Grande Prémio de Macau, a sua terceira vitória, depois de dois pilotos terem caído a quatro voltas do fim na secção Fisherman’s Bend do Circuito da Guia. André Pires terminou em 19º.

andardemoto.pt @ 17-11-2018 21:18:15

Rutter (8) começou por liderar

Rutter (8) começou por liderar

Ben Wylie, em Bimota, bateu na barreira e ficou fora de controlo à oitava volta, com Philip Crowe  a cair da sua BMW depois de embater na moto de Wylie, embora nenhum dos pilotos tenha ferimentos graves. Wylie foi tratado por dores no ombro esquerdo antes de ser transferido para o Hospital Geral Conde S. Januário, onde está consciente, mas sob observação.

Os restantes pilotos regressaram ao pit lane antes da distância completa, com Michael Rutter em segundo e Martin Jessopp em terceiro: "A bandeira vermelha parou a corrida, só espero que os pilotos estejam bem", disse Hickman no pódio. "Isso é o principal para ser franco." Para Hickman, foi uma terceira vitória em quatro anos, o que significa que ele ganhou todas as corridas internacionais este ano.

Wylie e Crowe foram os terceiro e quarto pilotos a cair esta semana no Circuito da Guia, depois de Andrew Dudgeon e Raul Torras na sessão de quinta-feira.


"Fiquei muito feliz por ganhar o meu terceiro Grande Prémio de Macau", acrescentou o piloto da Aspire-Ho by Bathams Racing. “O Michael teve um arranque muito melhor do que eu, eu estava muito feliz apenas sentado atrás dele. Depois da terceira volta, pensei em atacar um pouco e ver se conseguia quebrá-lo, o que fiz”.

Rutter, por sua vez, disse: “Nas últimas duas voltas antes do final eu estava a ganhar terreno, mas ele continuou no seu ritmo, e de seguida, mostraram a bandeira vermelha".

Já André Pires, único participante português, nunca pareceu muito à vontade, vindo a terminar na 19ª posição, tendo rodado na Yamaha R1 da Fast Bike /Beauty Machines a um ritmo cerca de 6 segundos abaixo do vencedor.

GP Macau - Corrida

1. Peter Hickman – BMW – vmr 2:25:005

2. Michael Rutter – Honda RC213V

3. Martin Jessop – Ducati

4. DannyWebb - BMW Penz

5. Gary Johnson – Kawasaki ZX10

6. Horst Saiger – Yamaha R1

7. David Johnson – BMW

8. Derek Sheils - BMW

9. David Todd – BMW Penz

10. John McGuinness – Ducati

 (19. André Pires- Yamaha R1Fast Bike – 2:33:723)

andardemoto.pt @ 17-11-2018 21:18:15