Título de SBK pode valer regresso de Bautista ao MotoGP com Ducati de fábrica

O domínio absoluto de Alvaro Bautista no Mundial Superbike não só pode dar ao piloto espanhol muitos euros, como também abrir-lhe as portas para regressar ao MotoGP... e com uma Ducati de fábrica à sua espera!

andardemoto.pt @ 18-4-2019 13:55:49

11 vitórias em 11 corridas realizadas no Mundial Superbike dão ao piloto espanhol Alvaro Bautista um domínio absoluto da classificação, e apesar de terem sido realizadas apenas quatro rondas do calendário 2019, o piloto da Aruba.it Ducati está bem encaminhando para o título pois já tem mais de 50 pontos de vantagem sobre Jonathan Rea, que se encontra em segundo lugar.

Claro que ao conquistar tantas vitórias Bautista está a deixar a Ducati muito satisfeita com as suas prestações, mas por outro lado, a marca italiana e o seu principal parceiro no Mundial Superbike, a empresa Aruba.it, têm agora que cumprir com algumas cláusulas do contrato assinado com Alvaro Bautista, cláusulas essas ligadas aos resultados e que podem valer ao piloto espanhol um prémio adicional de 200.000 euros.

Paolo Ciabatti, diretor desportivo da Ducati, em declarações ao website italiano GPOne, confirma que os custos com o projeto da casa de Borgo Panigale no Mundial Superbike são divididos praticamente 50/50 com a Aruba.it, e que por isso o pagamento desses prémios a Bautista não recai unicamente sobre a Ducati.


Alvaro Bautista já sentiu o que é pilotar uma Ducati de fábrica em MotoGP no final da temporada 2018

Alvaro Bautista já sentiu o que é pilotar uma Ducati de fábrica em MotoGP no final da temporada 2018

Mas existe um outro ponto muito importante relacionado com os resultados de Alvaro Bautista no Mundial Superbike e que poderão ter implicações em MotoGP.

Os rumores de que a Ducati não estará totalmente satisfeita com Danilo Petrucci, que este ano se juntou a Andrea Dovizioso na equipa de fábrica da Ducati, não são novos, e a Ducati estaria mesmo interessada em fazer regressar Bautista ao MotoGP, campeonato de onde saiu no final da temporada passada.

E é precisamente ao MotoGP que o piloto de Talavera de la Reina poderá regressar, caso conquiste o título de Superbike.

De acordo com o GPOne, uma das cláusulas que está ligada aos resultados de Alvaro Bautista implica que, caso seja campeão, o espanhol terá lugar garantido em MotoGP e com uma Ducati Desmosedici de fábrica. O facto do espanhol, imbatível até ao momento, ser agenciado por Simone Batistella, o mesmo agente de Andrea Dovizioso, poderá deixar Bautista em vantagem na luta pela segunda moto da Mission Winnow Ducati, uma luta onde também entram nomes como Jack Miller e Francesco Bagnaia.

andardemoto.pt @ 18-4-2019 13:55:49