Team Motoclube de Loulé no Top 10 do ESBK

O Team Motoclube de Loulé esteve em destaque no arranque do Campeonato de Espanha Cetelem de Superbike (ESBK) 2019.

andardemoto.pt @ 18-4-2019 16:07:21

Nélson Rosa /©Ricardo Silva

Nélson Rosa /©Ricardo Silva

A equipa algarvia marcou presença com dois pilotos a competir na corrida das Open 1000, tendo Nélson Rosa terminado entre os 10 primeiros classificados logo seguido de  Antónnio Geirinhas  que cruzou a meta na 11ª posição.

A prova inaugural do campeonato espanhol de superbike teve lugar no Circuito Ángel Nieto em Jerez de la Frontera e reuniu em pista mais de 160 pilotos oriundos de 22 países, que competiram nas diversas categorias.

Segundo Nélson Rosa, "foi um fim-de-semana incrível de corridas, com o tempo a ajudar. A última vez que tinha rodado em Jerez tinha sido em Outubro de 2018. É um circuito onde temos pouca experiência e informação, a melhor volta estava em 1.51,980s. Nos treinos de sexta-feira tivémos algumas dificuldades em acertar a moto, mas na última sessão consegui chegar a uma afinação razoável, que continuámos a evoluir no sábado. Nos treinos cronometrados trabalhámos para me sentir confortável na moto durante a corrida, terminando a sessão com o tempo de 1.48.584s, uma grande melhoria".


António Geirinhas /©Ricardo Silva

António Geirinhas /©Ricardo Silva


"A corrida previa-se brutal, com 38 motos nas duas classes, magnífico! No início, não consegui entrar no ritmo nas primeiras voltas, tendo perdido algumas posições que vim a recuperar no final. Ainda assim melhorei a minha melhor volta até a 1.48,034s, tendo terminado em 25° da geral e 9° da classe. Esta foi a minha melhor participação até hoje neste campeonato e quero agradecer à minha família por todo o apoio, sem esquecer obviamente, a minha equipa técnica e patrocinadores", acrescentou o piloto.

Já António Geirinhas afirmou que "foi um fim-de-semana muito positivo. O primeiro objectivo foi cumprido, alinhar na grelha para a corrida entre todos os pilotos presentes e terminar na melhor posição possível. É realmente um campeonato com um nível muito alto, com grandes lutas em pista por todas as posições. Esta participação serviu para melhorar a minha prestanção em pista e principalmente para retirar mais informações em termos de acertos na moto para a próxima corrida".

"Agora é hora de preparar a primeira prova da Copa Dunlop Motoval 2019, que se disputará junto com o CNV Moto, fazendo uso de todos os dados recolhidos durante o passado fim-de-semana. Quero deixar um forte agradecimento a toda a equipa, amigos, família e patrocinadores por todo o apoio", concluiu.

andardemoto.pt @ 18-4-2019 16:07:21