CNV Moto – Ivo Lopes rei e senhor de Portimão

Segunda visita do Campeonato Nacional de Velocidade ao Autódromo Internacional do Algarve voltou a ter o campeão Ivo Lopes como grande dominador. O piloto da BMW venceu as duas mangas das Superbike mas sem tanta facilidade. As restantes categorias também foram bem disputadas.

andardemoto.pt @ 19-6-2019 16:37:52

Pela segunda vez em 2019 o Campeonato Nacional de Velocidade esteve no Autódromo Internacional do Algarve. Na terceira prova do ano os pilotos voltaram ao sul de Portugal desafiando uma das pistas mais exigentes e técnicas do planeta e que é considerada por muitos pilotos e equipas como um dos desafios mais completos do desporto motorizado, ganhando por isso o nome de 'Montanha Russa'.

Com os seus 4652 metros a pista junto à cidade de Portimão foi novamente palco de excelentes corridas e logo na qualificação para a  primeira corrida da categoria maior, as Superbike, Ivo Lopes deu o 'mote' ao ser o mais rápido - conseguiu mesmo ser o único a rodar no segundo 46 - batendo Tiago Magalhães por escassas 129 milésimas, ficando Pedro Nuno na terceira posição.

A corrida acabou por se revelar bem animada e mesmo com apenas nove voltas - foi interrompida devido a um incidente com uma moto de um outro piloto - a liderança foi dividida.


Na primeira três voltas Magalhães foi o primeiro, depois foi Pedro Nuno quem assumiu as 'despesas' e nas derradeiras três voltas realizadas foi Ivo Lopes quem saltou para a frente e seria mesmo ele declarado o vencedor na frente de Pedro Nuno e Tiago Magalhães que perdeu mais algum tempo devido a um toque com um adversário quando este era dobrado. André Pires foi o quarto na frente de Rui Reigoto. Dani Trelles foi o melhor nas Superstock 600.

As Superbike regressaram à pista no domingo para mais uma discutida corrida onde Tiago Magalhães voltou a ser o melhor no momento do arranque. O piloto de Cascais liderou nas duas primeiras voltas, mas um erro na Curva VIP forçou o ex-campeão nacional a 'abrir caminho' aos adversários e foi Ivo Lopes quem assumiu o comando que nunca mais largou até fechar as 15 voltas de corrida.

Pedro Nuno foi novamente o segundo, na frente de Tiago Magalhães que lutou igualmente contra um pneu demasiado desgastado e optou por segurar os pontos para o campeonato. André Pires e Rui Reigoto voltaram a repetir a quarta e quinta posição final. Dani Trelles voltou a ser o melhor nas 600.

Ivo Lopes reforçou desta forma o comando do campeonato, somando cinco vitórias nas seis corridas já realizadas e mantendo a 'corôa' de Rei da Montanha Russa pois venceu as quatro corridas aí realizadas em 2019.


Em Pré-Moto3 foi Kiko Maria quem liderou todas as 12 voltas da corrida, batendo na linha de meta David Ferreira com uma margem de 24 segundos, ficando Rui Afonso na terceira posição. Nas 300 foi Pedro Fragoso quem venceu na frente de Tomás Alonso e Miguel Santiago. Maria e Fragoso foram os dois mais rápidos nos treinos em termos de classificação global das categorias.

No Algarve estiveram igualmente os pilotos das MIR 220 - que fazem parte do Velocidade 2020 - e quem venceu foi Ivan Bolano na frente de Manuel Branquinho e Pedro Afonso. Nas 85cc a vitória foi para Nuno Ribeiro que fechou a corrida na frente de Naama Martins e Bruna Santos.

No cada vez mais representado contingente ZCup, foi Paulo Vicente quem levou a melhor na primeira corrida realizada no AIA, sorrindo a João Curva a vitória na classe Open do Troféu Luis Carreira - ENI. Ricardo Almeida foi o melhor nas SBK, João Vieira nas Sport e António Reis nas Supersport.

Na segunda corrida das ZCup foi o algarvio Nuno Farias que puxou dos galões e ficou com o primeiro lugar face a Paulo Vicente e Duarte Amaral, com os restantes vencedores do dia anterior a 'dobrarem' as vitórias.

Na Copa Dunlop/Motoval a primeira corrida teve em Jaime Coelho o vencedor na Classe 1 e Tiago Pires na Classe 2. No dia seguinte Ricardo Silva venceu na Classe 1 e Tiago Pires reeditou o sucesso do dia anterior para voltar a subir ao degrau mais alto do pódio.

A próxima prova do campeonato marca o regresso da caravana ao Circuito do Estoril e realiza-se nos dias 20 e 21 de Julho.

Clique aqui para ver os resultados completos da segunda visita do Campeonato Nacional de Velocidade ao Autódromo Internacional do Algarve

andardemoto.pt @ 19-6-2019 16:37:52


Clique aqui para ver mais sobre: Desporto