MotoGP Assen – Miguel Oliveira 13º e soma mais três pontos

Corrida de trás para a frente para o português Miguel Oliveira que voltou a revelar uma enorme consistência aos comandos da sua Red Bull KTM Tech3. O 13º lugar em MotoGP durante o Grande Prémio da Holanda foi um bom resultado tendo em conta a penalização sofrida na qualificação, e o piloto português sai assim de Assen com mais três pontos na sua conta pessoal.

andardemoto.pt @ 30-6-2019 15:07:24

Depois de se ter qualificado em 17º e sofrido a penalização de três lugares na grelha de partida por “condução irresponsável”, de acordo com os comissários de MotoGP, Miguel Oliveira sabia que tinha pela frente uma corrida muito mais complicada do que o inicialmente previsto. A ambição mantinha-se igual: terminar nos pontos.

E a verdade é que a consistência do Miguel Oliveira voltou a dar frutos na corrida de MotoGP do Grande Prémio da Holanda.

Arrancando do final da grelha, Miguel Oliveira conseguiu um bom arranque e manteve o contacto com os pilotos à sua frente. Fruto de algumas quedas de outros pilotos mais à frente, mas também de ultrapassagens frente aos adversários diretos, o jovem rookie da Red Bull KTM Tech3 foi subindo na classificação.

Mantendo um ritmo consistente ao longo da primeira metade da prova, Miguel Oliveira conseguiu conservar o seu pneu traseiro para uma segunda metade de corrida mais rápida e ao ataque. O novo braço oscilante 100% em fibra de carbono terá sido uma grande ajuda neste particular, com o piloto a revelar que este novo componente permite desgastar menos o pneu ao longo da distância de corrida.


Nas últimas voltas, e quando estava em luta direta com Aleix Espargaró (Gresini Aprilia), Miguel Oliveira foi então subindo ainda mais na classificação, e num esforço final conseguiu inclusivamente assegurar o 13º lugar ao passar Francesco Bagnaia (Pramac Ducati) o que lhe permitiu assim somar mais três pontos

“Foi uma corrida difícil hoje. É certo que a posição inicial não ajudou. Nas primeiras voltas não consegui passar ninguém. Talvez tenhamos de pensar em como melhorar a moto para as primeiras voltas. Mas de qualquer forma tive um ritmo forte no final. Pude ser competitivo e lutar com outros pilotos, e poder terminar nos pontos era o objetivo e consegui. Estou bastante feliz pelo fim de semana e penso que estamos mais competitivos em relação às outras duas KTM de fábrica. Foi um pequeno passo, mas estamos a chegar lá. Reunir mais informação para o futuro também é importante”, afirmou Miguel Oliveira após o Grande Prémio da Holanda de MotoGP.

Na classificação do campeonato Miguel Oliveira está na 18ª posição com 15 pontos.

Clique aqui para ver os resultados completos do Grande Prémio da Holanda e as classificações do Mundial de Velocidade.

A próxima ronda do Mundial de Velocidade realiza-se já no próximo fim de semana. Será a nona corrida da temporada, o Grande Prémio da Alemanha em Sachsenring.

andardemoto.pt @ 30-6-2019 15:07:24


Clique aqui para ver mais sobre: Desporto