FIM EWC – Pirelli abandona e Michelin está de regresso

O Mundial de Resistência FIM vê o fabricante italiano de pneus abandonar a competição. A Pirelli sai de cena, mas a Michelin decide regressar a este campeonato depois de se ter sagrado campeã em 2014 e abandonado.

andardemoto.pt @ 12-7-2020 15:51:48

Com o recomeço da temporada previsto para acontecer no final de agosto, com as 24 Horas de Le Mans (29 e 30 de agosto), o Mundial de Resistência FIM acaba de saber que a Pirelli, um dos fornecedores de pneus para algumas das principais equipas, decidiu abandonar esta competição.

A decisão surpreendente da Pirelli é justificada com a incerteza em relação ao futuro, derivada da pandemia Covid-19 e consequências económicas.

Esta é uma deicão estranha por parte da Pirelli, que fornecia os pneus aos atuais campeões SRC Kawasaki France.




Com a saída de cena da Pirelli, abriu-se um espaço para o regresso de outro nome bem conhecido do mundo das duas rodas: a Michelin.

O fabricante francês decidiu abandonar este mundial após conquistar o título com a equipa GMT94 Yamaha em 2014. Seis anos depois, a Michelin decide que está na hora do regresso, e associa-se a algumas das equipas mais promeninentes do campeonato.

A Michelin será o fornecedor de pneus para os campeões SRC Kawasaki France Trickstar, mas também para a equipa de fábrica da Ducati, a ERC Endurance, e, entre outras, também vai “calçar” a moto da equipa campeã do mundo Superstock, a Moto Ain.

Assim, o Mundial de Resistência FIM mantém o número de fornecedores de pneus: Michelin, Bridgestone e Dunlop.

andardemoto.pt @ 12-7-2020 15:51:48


Clique aqui para ver mais sobre: Desporto