Gonçalo Ribeiro continua evolução no ESBK

Piloto português da Lousaestradas Racing Team obteve um 7º e um 11º lugar na terceira ronda da categoria PreMoto2 do Campeonato Espanhol Superbike – ESBK. Em Valência, Gonçalo Ribeiro continuou a sua evolução nos palcos internacionais.

andardemoto.pt @ 15-9-2020 08:08:00

Os mais jovens talentos portugueses continuam a mostrar o que valem além fronteiras. Um desses pilotos é Gonçalo Ribeiro, que compete na categoria PreMoto3 do Campeonato Espanhol Superbike – ESBK.

No passado fim-de-semana Gonçalo Ribeiro e a sua equipa Lousaestradas Racing Team deslocaram-se até ao circuito Ricardo Tormo em Valência, onde participaram naquela que foi a terceira ronda da temporada e que mais uma vez levou o português a dar o melhor de si para enfrentar os seus adversários que demonstram sempre muita competitividade.

Com muita informação para recolher e assim melhor preparar a sua BeOn 250 para as corridas, Gonçalo e a equipa aproveitaram os treinos livres para realizarem o máximo número de voltas possível ao traçado valenciano, que pelas suas características e por ser sinuoso, obriga a uma atenção especial para encontrar um equilíbrio perfeito no chassis.

A missão foi cumprida na perfeição, com o jovem talento luso a mostrar-se rápido e a cerca de um segundo dos mais rápidos em pista.



Na primeira corrida Gonçalo Ribeiro manteve-se sempre entre os melhores. Ao longo das 14 voltas conseguiu mesmo registar a terceira volta mais rápida em corrida, e com o grupo de oito primeiros separado por menos de dois segundos ao longo da prova, Gonçalo Ribeiro viria a terminar num muito positivo 7º lugar.

“No início da manhã de domingo senti-me muito bem com as mudanças feitas na moto e o 'warm up' provou que estávamos no caminho certo. A primeira corrida foi muito boa, rodei sempre no grupo dos oito pilotos mais rápidos, sempre com uma diferença de menos de dois segundos para o líder. No final arrisquei um pouco sem correr muitos riscos e cruzei a linha de meta na sétima posição, a 1s do vencedor!”.

Para a segunda corrida, realizada no domingo, Gonçalo e a equipa decidiram realizar algumas alterações à BeOn 250. O resultado dessas mudanças não foi o mais positivo, com o piloto português a não conseguir repetir o andamento anterior e a cruzar a linha de meta na 11ª posição.



“Na segunda corrida, motivados pelas diferenças que previmos em relação aos mais rápidos, alterámos pequenos detalhes na configuração da moto, mas que infelizmente não surtiram efeito desejado, acabando por penalizar a nossa corrida. Terminei na 11ª posição, mas com a perfeita noção onde melhorar. Agora é altura de preparar a quinta prova do CNV Moto a decorrer no próximo fim-de-semana no Estoril, onde estamos na luta pelo título de PreMoto3!".

Esta foi ainda assim uma participação no ESBK muito positiva pois “Saímos de Valência muito satisfeitos com o trabalho realizado e com um balanço positivo do fim-de-semana. Mostrámos uma grande evolução e rapidez em pista e isso revelou-se logo nas sessões de treinos livres. O trabalho que desenvolvi com o novo telemetrista foi vital para o nosso desempenho. Isso veio a revelar-se na minha evolução e nos resultados em pista na qualificação”, conclui Gonçalo Ribeiro que agora se concentra no Campeonato Nacional de Velocidade.

andardemoto.pt @ 15-9-2020 08:08:00


Clique aqui para ver mais sobre: Desporto