Armindo Neves leva a SWM RS 500R pela primeira vez ao pódio na Baja TT do Pinhal

Piloto português de 50 anos terminou a Baja TT do Pinhal na terceira posição da categoria TT3. Esta foi a primeira vez que a SWM RS 500R termina no pódio, com Armindo Neves a mostrar-se motivado para o que falta disputar do campeonato.

andardemoto.pt @ 23-9-2020 12:30:00

Após um longo período de paragem de cerca de meio ano, o Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno regressou aos trilhos para a realização da Baja TT do Pinhal. A competir na categoria TT3 das motos esteve o veterano piloto português Armindo Neves da equipa Lopes e Gomes / Lusomotos / SWM / Moto Gardunha.

Para o piloto de 50 anos – celebrados na passada segunda-feira – este regresso à competição, apesar de todas as contingências devido à situação de pandemia que vivemos e que impossibilitaram a melhor preparação física e também da sua SWM RS 500R, foi um momento de regresso ao pódio na TT3, sendo que também se destacou entre os Veteranos, categoria em que finalizou a Baja TT do Pinhal em quinto, e na classificação pontuável para o Campeonato Europeu de Bajas fechou a corrida em sétimo.

O primeiro setor seletivo com 80 quilómetros com partida e chegada a Vila Velha de Rodão correu normalmente ao piloto, que ocupou o terceiro lugar da Classe TT3, posição que manteve até ao final da corrida, demonstrando o enorme potencial da máquina que tripula.

“Esta prova marcou o regresso à competição. Seis meses depois e com a atual situação que o país enfrenta, a preocupação principal passa por não descurar o trabalho e adaptá-lo às atuais contingências, pelo que o tempo disponível para cuidar da preparação física durante este período foi diminuto, o que se reflectiu bastante no 2º dia de corrida. De qualquer modo gostei bastante do primeiro setor selectivo, que era mais ao meu jeito e estava com uma tração espetacular”, referiu Armindo Neves.



A segunda etapa, composta por dois troços, que se disputou no domingo, ficou marcada pela chuva, pelo que o piloto optou por imprimir um ritmo cauteloso a fim de evitar quedas e consequentemente lesões que pudessem vir a comprometer o resultado final, “A chuva que caiu foi de tal forma intensa que a primeira metade do percurso ficou bastante escorregadia, pelo que andei com o máximo de segurança possível para evitar uma queda. A segunda metade também era bastante dura e lenta, passando ainda pela zona dos recentes fogos, onde o piso estava muito difícil e degradado, tendo optado assim por uma toada segura até à Sertã. Por fim, no último troço notei uma grande quebra física, pelo que a prioridade foi chegar ao fim sem sobressaltos, procurando manter o 3° lugar na categoria TT3, dando assim o primeiro pódio em Portugal à SWM RS 500R, tal como já tinha acontecido no ano passado com a RS 300”, revela Armindo Neves.

Apesar de ter sido forçado a alterar o seu projeto desportivo para este ano devido à pandemia do Covid 19, o piloto revelou que este será o seu último campeonato nacional completo, uma vez que a partir do próximo ano irá direcionar totalmente o seu projeto para tentar concretizar o objetivo de participar no Africa Eco Race dentro de um a dois anos.

Para já, e em 2020, o piloto irá disputar as restantes jornadas do CNTT prosseguindo já no próximo fim de semana com a disputa da Baja TT Capital dos Vinhos de Portugal, a terceira jornada desta temporada que vai decorrer em Reguengos de Monsaraz, entre 25 e 27 de setembro.



“No próximo fim-de-semana vamos estar em Reguengos de Monsaraz, apenas cinco dias após a Baja TT do Pinhal, num piso que já é muito mais do meu agrado e onde nos últimos anos tenho obtido boas classificações”, acrescenta o piloto natural de Benavila que em 2019 venceu cinco corridas do CNTT na sua categoria.

A Baja TT Capital dos Vinhos de Portugal vai contar com duas etapas, cada uma com dois setores seletivos. No sábado, dia 26 de setembro, os pilotos terão pela frente uma dupla passagem pela especial de 83 quilómetros e no domingo terão igualmente de percorrer por duas vezes um sector cronometrado de 65 quilómetros.

andardemoto.pt @ 23-9-2020 12:30:00


Clique aqui para ver mais sobre: Desporto