Velocidade 2020 – Regresso em Palmela com 40 pilotos e muitos sorrisos

Os mais jovens talentos da velocidade puderam voltar a mostrar o que sabem fazer em pista. O troféu Velocidade 2020 realizou a sua primeira ronda da temporada no Kartódromo Internacional de Palmela, e a felicidade das quatro dezenas de pilotos foi a nota dominante.

andardemoto.pt @ 30-9-2020 09:52:06

Tal como aconteceu com os mais experientes pilotos, também os mais jovens talentos da velocidade em Portugal tiveram de reorganizar por completo a sua temporada e participação no troféu Velocidade 2020, a iniciativa organizada pela Federação de Motociclismo de Portugal em parceria com o Motor Clube do Estoril.

E foi precisamente o Motor Clube do Estoril que, colocando de lado o cansaço acumulado das 12 Horas do Estoril, deslocou parte da sua equipa de comissários para o Kartódromo Internacional de Palmela, pista que recebeu então a primeira prova do Velocidade 2020.



Com 40 pilotos, rapazes e raparigas, a marcarem presença no KIP para mostrarem o que valem, as corridas intensas apenas foram suplantadas pela enorme felicidade deste regresso à pista e que ficou bem estampada nos rostos de cada criança.

Em ambiente descontraído e onde imperou a vontade de ensinar os mais novos a dominar as técnicas que lhes permitem vencer as corridas, mas também entender este desporto de um ponto de vista mais profissional desde tenra idade, a ronda de Palmela do Velocidade 2020 pautou-se por muitos sorrisos no final de cada uma das oito corridas realizadas, duas corridas para cada classe.

Na Classe 1, Iker Romero, Henrique Morais e Jorge Lomba foram os pilotos que subiram ao pódio, por esta ordem, tanto na primeira como na segunda corrida.



Na Classe 2, Iker Romero, Lourenço Vicente e Iker Martinez subiram ao pódio por esta ordem na primeira corrida com 9 voltas, e novamente repetiram o resultado na segunda corrida.

Na Classe 3, em que os pilotos tiveram de cumprir 13 voltas ao traçado do KIP, Pedro Matos bateu Rafaela Peixoto, enquanto Martim Jesus ocupou o lugar mais baixo do pódio. Ne segunda corrida os intervenientes foram os mesmos e cruzaram a linha de meta exatamente nas mesmas posições.

Na Classe A, e em que apenas competiram 3 pilotos, Eric Romero foi sempre melhor do que Henrique Luis nas duas corridas de 7 voltas, com Lucas Gaspar a ocupar o terceiro posto.

andardemoto.pt @ 30-9-2020 09:52:06

Galeria de fotos


Clique aqui para ver mais sobre: Desporto