Mundial SBK – Hora das decisões no Estoril!

Circuito do Estoril recebe a ronda final do Mundial Superbike de 16 a 18 de outubro. Sem público nas bancadas, será o circuito português que vai decidir quem é o novo campeão de Superbike. Será que Jonathan Rea consegue o sexto título consecutivo?

andardemoto.pt @ 12-10-2020 11:51:57

O Circuito do Estoril esperou 27 anos até voltar a receber a visita do Mundial Superbike. Mas a espera terminou, e será já no próximo fim de semana de 16 a 18 de outubro que o asfalto do Estoril recebe novamente alguns dos melhores pilotos do mundo em motos derivadas de modelos de produção.

Com o fantástico cenário da Serra de Sintra como pano de fundo, esta terceira visita deste mundial ao Circuito do Estoril – as outras duas foram em 1988 e 1993 – servirá de festa de encerramento da temporada 2020. E a melhor forma de festejar será coroar o novo campeão mundial de Superbike!

Nesta hora de decisões no Estoril, é Jonathan Rea (Kawasaki Racing Team) que leva a grande vantagem sobre o seu maior rival, e único piloto que ainda lhe poderá roubar o título, o britânico Scott Redding (Aruba.it Ducati).



Infelizmente para Rea, o quarto lugar na Corrida 2 do Mundial Superbike em Magny-Cours, impediu que conseguisse somar os três pontos que ncessita para se sagrar novamente campeão. Mas a vantagem de 59 pontos é enorme para Redding, com o piloto da Ducati Panigale V4 R a ter de esperar que aconteça um verdadeiro milagre para evitar que Rea e a Kawasaki somem mais um título, no caso do piloto norte-irlandês será o seu sexto título consecutivo!

A classificação final do Mundial Superbike tem no tentanto outros motivos de interesse.

Chaz Davies (Aruba.it Ducati) e Michael van der Mark (PATA Yamaha World SBK) estão na luta pelo terceiro lugar do Campeonato, estando os dois separados por apenas 19 pontos. Existindo três corridas por realizar no Estoril, para um total de 62 pontos, esta batalha será um dos pontos “quentes” que iremos ter muita atenção.



Com o título da categoria Supersport já decidido desde a visita do campeonato à Catalunha a favor do “rookie” Andrea Locatelli (Bardahl Evan Bros Yamaha), que dominou como quis esta temporada, outro dos motivos de interesse nesta ronda final do Mundial Superbike será coroar o novo campeão das Supersport 300.

Esta categoria terá, pela primeira vez desde que foi criada há quatro anos, um campeão que não será um piloto de nacionalidade espanhola. A discussão está entre dois jovens talentos holandeses, Jeffrey Buis e Scott Deroue, estando os dois companheiros de equipa separados por 28 pontos.

Infelizmente, e ao contrário do que esperávamos, as autoridades sanitárias e a Direção Geral de Saúde (DGS) não permitiram que o Circuito do Estoril tenha público nas suas bancadas.

No momento da apresentação à imprensa da ronda do Mundial Superbike no Estoril, António Lima, responsável do Motor Clube do Estoril, afirmou que tudo seria feito para que as bancadas do circuito estivesse com pelo menos parte da sua lotação ocupada. O Circuito do Estoril entregou às autoridades um rigoroso plano de segurança, que no entanto não foi aprovado.

Uma decisão que, tal como noutras ocasiões relacionadas com o motociclismo de competição neste ano de 2020, podemos definir como bastante controversa, pois impede os pilotos de sentirem o “calor” do público, especialmente num momento de consagração como será no Estoril.

andardemoto.pt @ 12-10-2020 11:51:57


Clique aqui para ver mais sobre: Desporto