Primeiro dia de testes em Jerez foi por água abaixo

As previsões meteorológicas confirmaram-se e a chuva impediu que os pilotos do Mundial Superbike, MotoGP e Mundial de Resistência FIM pudessem testar a sério no circuito de Jerez Ángel Nieto. Stefan Bradl arriscou e saiu com a nova Honda RC213V.

andardemoto.pt @ 20-1-2021 20:33:46

Para os fãs do motociclismo de velocidade, o dia de hoje era dos mais aguardados nos últimos meses. Hoje realizou-se o primeiro de dois dias de testes no circuito de Jerez Ángel Nieto, onde pilotos do Mundial Superbike, principalmente estes, mas também pilotos de MotoGP e do Mundial de Resistência FIM esperavam poder testar ou pelo menos ganhar ritmo.

No entanto as más previsões meteorológicas que apontavam para chuva intensa confirmaram-se, e assim muitos pilotos optaram por nem sequer sair para a pista andaluza.

Um dos que arriscou foi Stefan Bradl. Aos comandos da nova Honda RC213V, que aqui apareceu vestida ainda com carenagens totalmente negras, mas já a revelar um sistema de escape redesenhado e quadro e oscilante com novas geometrias, o piloto de testes da Repsol Honda de MotoGP completou algumas voltas e foi, sem surpresa, o piloto mais rápido em pista com uma volta em 1m57.845s.



Outro piloto que marcou tempos por volta foi Leonardo Taccini, que esta temporada se estreia no Mundial Supersport com uma Kawasaki Ninja ZX-6R da equipa Orelac Racing VerdNatura. O jovem italiano completou mesmo um total de 20 voltas no circuito completamente encharcado.

Também com algumas voltas neste primeiro dia de testes chuvoso destacamos a presença do trio Louis Rossi, Mathieu Gines e Sylvain Barrier. Os pilotos da equipa Ducati do Mundial de Resistência FIM completaram algumas voltas, mas com a Panigale V4 R sem estar equipada com o “transponder”, não há confirmação de tempos por volta da equipa de resistência.

Amanhã os testes vão continuar, mas as previsões apontam para mais chuva.



A situação é de tal forma desfavorável para realizar testes válidos que, por exemplo, Maverick Viñales optou por nem sequer viajar para Jerez e permanece em Andorra. Johann Zarco, por seu lado, viajou para Jerez para tentar algumas voltas com a sua Ducati Panigale V4 S e assim ganhar ritmo em preparação para a temporada de MotoGP. Mas Zarco nem sequer saiu da box.

Quanto ao plantel do Mundial Superbike, e apesar de em 2021 se verificarem muitas novidades em termos de pilotos e equipas, e por isso a necessidade de testar, nenhum piloto arriscou sair.

Fique atento ao seu Andar de Moto para saber as novidades do segundo dia dos testes de Jerez.

andardemoto.pt @ 20-1-2021 20:33:46


Clique aqui para ver mais sobre: Desporto