André Pires apresentado como piloto da Avintia nas MotoE

O piloto de Vila Pouca de Aguiar foi uma das estrelas da apresentação do projeto desportivo da Avintia Racing para 2021. André Pires será o primeiro piloto português a competir na Taça do Mundo FIM MotoE.

andardemoto.pt @ 7-2-2021 13:03:50

Tal como o seu Andar de Moto já lhe tinha confirmado aqui, o piloto André Pires foi finalmente apresentado de forma oficial como novo recruta da Avintia Racing para a temporada 2021. Num evento realizado em Andorra, e numa cerimónia que cumpriu todas as normas de segurança devido à pandemia, o piloto de Vila Pouca de Aguiar dá assim um salto enorme a nível competitivo.

André Pires assume papel de destaque no projeto da Avintia Racing, tornando-se no primeiro piloto português a competir na Taça do Mundo FIM MotoE, competição que teve o seu início há dois anos e exclusivamente destinada a motos elétricas.

Em 2021, o português, que já foi campeão nacional em diversas categorias e é visita regular do Grande Prémio de Macau, tendo até já competido no Tourist Trophy da Ilha de Man, estará frente a frente com alguns nomes bem conhecidos do motociclismo de velocidade e fará inclusivamente dupla com Xavi Cardelús na formação Avintia Racing.

Ao mesmo tempo que se mostra agradecido à Avintia Esponsorama pela oportunidade de competir na Taça do Mundo FIM MotoE, André Pires afirma que “É um sonho tornado realidade e que me faz muito feliz. Vou tentar aprender e dar o máximo para obter os melhores resultados e ser competitivo por mim, pela minha equipa e pelos meus patrocinadores”.



Afastando qualquer tipo de pressão sobre os seus ombros nesta que será, esperamos, a primeira de muitas temporadas a competir internacionalmente, André Pires terá pela frente um calendário com sete corridas, todas elas a partilhar o paddock com os pilotos do Mundial de Velocidade, como Miguel Oliveira, que assim passará a ter um compatriota ao seu lado durante alguns dias do ano.

Antes da Taça do Mundo FIM MotoE ter o seu início, André Pires vai ainda testar a sua nova moto. A Energica Ego Corsa é a única moto usada pelos pilotos das MotoE. Fabricada em Itália, esta desportiva elétrica tem a velocidade limitada aos 270 km/h e a potência é de 163 cv.

André Pires terá dois testes para se habituar à condução de uma moto que é bastante mais pesada do que as motos de competição a que está habituado, mas também terá de perceber como tudo funciona a nível de componentes, particularmente ao nível dos pneus, enquanto tem de se preocupar em enfrentar quase duas dezenas de pilotos rivais neste seu ano de estreia nas MotoE.

Clique aqui para ver o vídeo integral da apresentação da Avintia Esponsorama no Instagram



Aqui fica o calendário de 2021 da Taça do Mundo FIM MotoE

2 a 4 de março - Teste Jerez de La Frontera
12 a 14 de abril - Teste Jerez de La Frontera
2 de maio - Jerez de La Frontera (Espanha)
16 de maio - Le Mans (França)
06 de junho - Catalunha (Espanha)
27 de junho - Holanda (Assen)
15 de agosto - Red Bull Ring (Áustria)
18 de setembro - Misano (Itália)
19 de setembro - Misano (Itália)

andardemoto.pt @ 7-2-2021 13:03:50


Clique aqui para ver mais sobre: Desporto