MotoE 2021 GP Catalunha – Pons ganha e André Pires novamente nos pontos

O piloto português da Avintia Esponsorama voltou a terminar uma corrida da Taça do Mundo FIM MotoE nos pontos. André Pires foi 13º no Grande Prémio da Catalunha, uma corrida que teve Miquel Pons da LCR como vencedor.

andardemoto.pt @ 7-6-2021 11:03:03

A evolução de André Pires (Avintia Esponsorama) na Taça do Mundo FIM MotoE, campeonato dedicado em exclusivo às motos elétricas, continua a correr conforme previsto, tendo o piloto natural de Vila Pouca de Aguiar conseguido terminar novamente nos pontos, algo que acontece pela terceira vez em três rondas realizadas em 2021.

Tendo de enfrentar todo um processo de aprendizagem em cada circuito que visita, pois pilotar uma Energica Ego Corsa de MotoE não tem nada a ver com as motos a combustão a que estava habituado, André Pires realizou novamente uma prova tranquila e que lhe permitiu somar mais uma vez pontos importantes no ano de estreia neste campeonato.

Após uma qualificação que não correu da melhor forma e onde terminou com o 18º tempo, o que o colocou no fim da grelha de partida deste Grande Prémio da Catalunha de MotoE, André Pires sabia que tinha de fazer um corrida sólida e aguentar até ao fim sem cometer erros.



Mais uma vez o piloto da Avintia Esponsorama levou a sua Energica Ego Corsa até à linha de meta, fechando esta corrida na 13ª posição, o que lhe valeu mais 3 pontos para a sua conta pessoal do troféu MotoE.

A vitória nesta terceira corrida das motos elétricas esta temporada acabou por ficar nas mãos de Miquel Pons. O piloto da LCR levou a melhor sobre Dominique Aegerter (Dynavolt IntactGP) no início das últimas duas voltas, e daí até à linha de meta não se deixou surpreender pelo rival. Jordi Torres (Pons) foi terceiro.

A corrida da Taça do Mundo FIM MotoE acabou por não ter um dos seus maiores protagonistas na sua posição original na grelha de partida. Tudo porque a moto de Eric Granado, vencedor da ronda francesa em Le Mans, sofreu um problema técnico e levou o piloto brasileiro a abandonar o seu primeiro lugar na grelha de partida e arrancar do “pit lane”.



Granado ainda viria a recuperar algumas posições, mas exagerou no esforço, sofreu uma queda e abandonou a corrida em Montmeló, e viu os seus rivais ganharem uma boa vantagem na luta pelo título.

Nessa luta, Alessandro Zaccone (Pramac), apesar de apenas 4º no GP da Catalunha, segue para a quarta ronda do ano com a liderança da classificação da Taça do Mundo FIM MotoE. O italiano tem 54 pontos, apenas mais um do que Dominique Aegerter, com Jordi Torres em terceiro com 43 pontos.

Quanto ao português André Pires, a sua consistência em termos de resultados e que lhe permitiu finalizar todas as corridas das MotoE realizadas até ao momento, coloca-o na 15ª posição com um total de 11 pontos.

andardemoto.pt @ 7-6-2021 11:03:03


Clique aqui para ver mais sobre: Desporto