Marc Márquez treina intensamente para a época de 2022 de MotoGP

Apesar do recente diagnóstico de dupla visão, Marc Márquez é o rei dos regressos na MotoGP.

O piloto, propenso a acidentes, está habituado a viver no limite da aderência, e isso levou a várias histórias de regresso de lesão ao longo da sua carreira. Felizmente, o espanhol sempre esteve à altura da ocasião.

andardemoto.pt @ 16-1-2022 12:35:31 - Paulo Araújo

O número 93 passou a maior parte da temporada 2021 a lutar contra uma lesão no braço sofrida na ronda de abertura da temporada 2020.

Após um acidente de treino e diagnóstico de diplopia (dupla visão) antes da penúltima ronda da programação de 2021, parece que Márquez também terá de ripostar em 2022.

No entanto, o piloto da Honda Repsol não está a tomar aceitar esse diagnóstico passivamente. Após "progressos adequados" com o seu tratamento dos olhos, Márquez está de volta ao trabalho.

Para actualizar os seus fãs sobre o estado de saúde, o seis vezes campeão de MotoGP publicou no Instagram, colocando uma fotografia sua no equipamento de treino da Red Bull.

Márquez é um corredor ávido e a menos de um mês antes do primeiro teste de pré-época de 2022 no Circuito de Sepang, está na altura de o piloto recuperar alguma resistência.

Claro que os seus muitos fãs adoradores responderam à imagem com palavras de encorajamento, e um monte de emojis "fortes" e "de coração".



Por outro lado, ainda é incerto se Márquez regressará ao paddock a tempo de participar no teste malaio. Com o oito vezes campeão mundial a lutar contra lesões sucessivas, a Honda Repsol começou a olhar para a perspectiva de contratar o piloto da Suzuki e campeão de MotoGP de 2020, Joan Mir, para 2023.

O lugar de Márquez na garagem da Honda Repsol está seguro até 2024, mas a mudança poderá deslocar Pol Espargaró na próxima época.

"A Honda está desesperadamente a tentar contratar um piloto vencedor e é a coisa certa a fazer", explicou o veterano jornalista Carlo Pernat. "Há dois nomes: Quartararo e Mir, é mais provável que Joan vá lá parar, porque ele custa menos e é o homem certo. Será uma coisa bastante rápida, creio que no início do campeonato mundial a operação pode já ter sido concluída, ou quase".

Enquanto que a potencial assinatura seria uma prova de intenção futura da equipa de MotoGP historicamente mais bem sucedida mas actualmente em dificuldades, Mir e Márquez não se entendem exactamente. Ao longo da época passada, os pilotos lutaram nos Treinos Livres e em várias corridas chave. Mir até criticou as tácticas de Márquez durante o Grande Prémio de San Marino de 2021.

"Não sei, é algo que é difícil para mim compreender como um oito vezes campeão mundial não consegue fazer o seu trabalho sozinho e com tudo isto, precisa sempre [de seguir] a roda de alguém", declarou Mir.

Se a Honda puxar o gatilho a Mir, Márquez não terá apenas de lutar para voltar à grelha do MotoGP em 2022, mas terá de permanecer saudável o suficiente para manter o seu lugar cimeiro na Honda Repsol.

andardemoto.pt @ 16-1-2022 12:35:31 - Paulo Araújo


Clique aqui para ver mais sobre: Desporto