MotoAmerica, 2022, Ridge Park - Gagne domina corrida interrompida

Petrucci ainda lidera

Jake Gagne, da Yamaha Fresh N Lean, conseguiu vencer três partidas na corrida de MotoAmerica Medallia Superbikes interrompida por bandeira vermelha para vencer pela quarta vez em 2022... algumas horas depois de ter ganho a pole position com uma performance de recorde de volta no Ridge Motorsports Park

andardemoto.pt @ 26-6-2022 09:45:14 - Paulo Araújo

Gagne liderou todas as sessões de treino no Ridge Motorsports Park

e ambas de qualificação, e depois as três largadas no sábado. Por outras palavras, nunca ninguém o bateu e também subiu para 16 pontos do líder do campeonato, Danilo Petrucci.

A vitória em Ridge foi a 21ª da sua carreira de Superbike e foi típica de Gagne. Conseguir o holeshot, abrir um intervalo e manter essa vantagem até ao final.

Após uma parte final da corrida que durou apenas oito voltas, Gagne cruzou a linha de chegada 3,935 segundos à frente do seu colega de equipa Cameron Petersen, o sul-africano ganhando o seu quinto pódio do ano e pressionando Gagne toda a prova.

Petrucci da Ducati NYC HSBK Racing acabou em terceiro, beneficiando da segunda bandeira vermelha, ao cair um momento após a queda de Jake Lewis na última curva ter provocado uma paragem prematura na corrida.

Petrucci conseguiu levar a sua moto de volta ao pit lane onde a sua equipa substituiu um pousa-pé esquerdo partido.



Petrucci (11) foi um pouco mais cauteloso na terceira partida e demorou mais tempo a chegar ao terceiro lugar. Uma vez lá, instalou-se e trouxe a Panigale V4 R à meta para o seu sétimo pódio da temporada.

O quarto lugar de Petrucci permitiu-lhe alargar a sua vantagem no campeonato sobre Mathew Scholtz para 10 pontos, com o piloto da África do Sul a terminar em quarto lugar no sábado.

Hector Barberá, da Tytlers Cycle Racing, estava menos de um segundo atrás de Scholtz e cerca de quatro segundos à frente de Ashton Yates, da Aftercare Hayes Scheibe Racing.

Corey Alexander foi sétimo, mais de um segundo à frente de Hayden Gillim da Disrupt Racing.

Andy DiBrino terminou em nono, depois de ser segundo atrás de Alexander na corrida de Stock 1000.

Richie Escalante, da Suzuki M4 Ecstar Vision Wheel, batalhou para terminar em 10º depois de ter ficado em segundo lugar na primeira parte da corrida.

PJ Jacobsen e Jake Lewis foram algumas baixas da corrida.


Petrucci lidera agora Scholtz na perseguição ao título por 10 pontos, 156-146.

Gagne é terceiro com 140 pontos, mais 17 do que o seu companheiro de equipa Petersen. Barberá completa os cinco primeiros do campeonato com 90 pontos.

Jake Gagne – Vencedor:

"O meu primeiro arranque foi espantoso. Vejo uma bandeira vermelha e fico tipo, "oh, meu". Depois, o segundo começo foi espectacular e eu disse: Oh, tenho de fazer tudo mais uma vez".

“Não é uma longa corrida para a primeira curva aqui, por isso, se se fizer um bom arranque, é difícil para qualquer um mergulhar por dentro. Penso que todos ficaram um pouco frustrados por ver duas bandeiras vermelhas na primeira volta. Mas não importa penso que estas Yamaha estão obviamente a funcionar muito, muito bem aqui. É uma dessas pistas Yamaha, funciona sempre bem, estou contente. Houve algumas pequenas coisas com que nos debatemos durante todo o ano, e depois penso que finalmente descobrimos alguns grandes passos na Road America.”

“Esperemos que amanhã possamos ter um total de 18 voltas. Amanhã toda a gente vai com certeza dar um passo em frente. Por isso, penso que vamos fazer uma boa corrida, como durante todo o ano. Estou a gostar".


andardemoto.pt @ 26-6-2022 09:45:14 - Paulo Araújo


Clique aqui para ver mais sobre: Desporto