SBK 2024, Assen - Primeira pole de Rea na Yamaha

Bulega 2º, Bautista 7º

Foi um dia emotivo para Rea, que conquistou a primeira Pole da Yamaha na Superpole ao bater Bulega por pouco menos de um décimo, dando uma mensagem inequívoca ao resto da grelha.

andardemoto.pt @ 20-4-2024 11:25:35 - Paulo Araújo

Jonathan Rea (Yamaha Pata Prometeon) conquistou a sua primeira pole position para a Yamaha no Mundial Motul de Superbike depois de uma dramática sessão da Superpole Tissot no Circuito TT de Assen.

O #65 teve um início de vida difícil na equipa azul, mas dominou na perfeição as condições de húmidas para conquistar a pole position num circuito em que tem tido tanto sucesso.

Rea será acompanhado na primeira linha pelo líder do Campeonato Nicolo Bulega (Ducati Aruba) e pelo Campeão de 2021 Toprak Razgatlıoğlu (ROKiT BMW Motorrad).

A chuva começou a cair apenas alguns segundos antes da abertura das boxes para adicionar ainda mais drama à sessão de 15 minutos. A meio da sessão, Jonathan Rea (Yamaha Pata Prometeon) era o líder com 1:43,444s, antes de ser ainda mais rápido na volta seguinte, registando 1:43,026s e baixando ainda mais para 1:42,650s, mostrando a evolução da pista à medida que secava, embora tenha enfrentado a concorrência de Nicolo Bulega (Ducati Aruba), que ficou a apenas um décimo do #65.


Apesar da pista secar, os tempos não melhoraram muito, com Rea a conseguir segurar a primeira pole position da Yamaha e a fazer agora poles com três fabricantes diferentes, juntando-se a Noriyuki Haga e Stephane Mertens e apenas atrás de Troy Corser com seis.

É a sua 44ª pole position, mas a primeira em 203 dias, com a última a acontecer em Portimão no ano passado, e foi também a 160ª pole para o Reino Unido. Ele ficou 0,094s à frente de Bulega, que tinha sido impressionante na sessão TL3 totalmente molhada. Toprak Razgatlıoğlu (ROKiT BMW Motorrad) conquistou o terceiro lugar com 1:43,003s, cerca de 0,353s abaixo de Rea.

A segunda linha vai contar com Sam Lowes (Ducati ELF Marc VDS) e o irmão gémeo Alex Lowes (Kawasaki Racing), com a dupla a partir de quarto e quinto, respetivamente. Sam registou 1m43,190s para liderar o seu irmão por apenas alguns décimos e esperam lutar entre si em pista por um potencial pódio. Remy Gardner (GYTR GRT Yamaha) tem sido rápido em Assen até ao momento e garantiu uma partida na segunda linha da grelha enquanto procura a sua primeira tribuna no SBK.


O atual Campeão Álvaro Bautista (Ducati Aruba) vai alinhar a partir da terceira linha, depois de ter ficado em sétimo. É o melhor resultado da época na Superpole para o #1 e ele espera poder repetir os feitos da Austrália e Barcelona, onde conseguiu lutar pelo pódio. Na terceira linha da grelha, junta-se ao antigo companheiro de equipa Michael Ruben Rinaldi (Team Motocorsa) em oitavo e Andrea Iannone (Team GoEleven) em nono.

Depois de um fim de semana difícil até agora, Andrea Locatelli (Yamaha Pata Prometeon) vai liderar a quarta linha, acompanhado pelo piloto suplente Nicholas Spinelli (Barni Spark Racing) que ficou em 11º.

Michael van der Mark (ROKiT BMW Motorrad) tentou uma aposta com pneus novos para piso molhado, mas uma queda na Curva 5 na sua primeira volta arruinou as suas hipóteses de subir na classificação. Depois de não ter ido às boxes após a queda, perdeu o tempo da última volta e vai partir do 13º lugar.

Iker Lecuona (Team HRC) não vai participar em mais nenhuma corrida na Holanda hoje depois da queda nos Treinos Livres 3 à entrada da Curva 16. Iker foi examinado e declarado inapto para a ação de sábado com dores e incapacidade funcional no joelho direito. A sua participação no domingo será determinada antes da sessão de Warm Up de amanhã.


andardemoto.pt @ 20-4-2024 11:25:35 - Paulo Araújo


Clique aqui para ver mais sobre: Desporto