Ten Inch Terror - Terror em dez pelogadas

O alemão Marek Nachlik, já famoso nestas lides de transformar motos, fabricou esta scooter híbrida, com base numa Vespa Sprint Veloce, mas dotada de um motor proveniente de uma Husqvarna WR360. O resultado está à vista!

andardemoto.pt @ 5-10-2015 12:13:27

Não é um trabalho simples, encaixar um motor de 360cc num monocoque de uma Vespa. Mas foi isso que este audacioso alemão conseguiu fazer. Recorrendo a uma grande imaginação, colocou o motor da Husqvarna em posição central, e inclinado 45º para a frente, técnica que conseguiu uma melhor distribuição de peso e, simultaneamente, tornou o pedal do kick starter, proveniente de uma Vespa PX, mais fácil de usar. Ainda adaptou rodas de uma Honda Comstar, um braço oscilante de uma Yamaha XS 400 e um travão de tambor proveniente de uma Honda CB750.


O travão de disco instalado na roda dianteira é uma adaptação de um sistema que Marek já tinha desenvolvido para a sua produção anterior, a Vespa “Stray Bullet”. O amortecedor traseiro, colocou-o debaixo da scooter, como os da Buell, tal como o radiador, cujos suportes estão soldados aos reforços do quadro que foi acrescentado em 10 centímetros, quatro na frente e seis na traseira, tendo sido usado outro quadro idêntico, neste caso o de uma Bajaj, para ser cortado e doar parte da sua estrutura.

Na direcção, foi usado um conjunto de uma Vespa Rally que, após ser adaptado, incorpora um painel Motoscope Pro da Motogadget. O depósito de combustível está “escondido” no porta-luvas, e a gasolina é transferida para a alimentação através de uma bomba elétrica Hardi.


Ao nível do motor, este foi completamente revisto pelos especialistas holandeses da Powerseal, e o escape foi desenvolvido por Markus Rentzmann da Pipe Design, em Bremen. As mudanças são selecionadas de forma elétrica, com recurso a um cilindro Klicktronic que, devido ao acréscimo de energia, obrigou a uma radical transformação da parte elétrica com recurso a um “upgrade” do alternador e a um regulador de voltagem. O farol é agora um Adjure em LED. 

A parte traseira da carenagem é completamente removível, incluindo os painéis laterais provenientes de uma Vespa Sprint. Mas também é basculante, e suas dobradiças estão completamente escondidas. O sistema inclui um trinco, que foi adaptado do de um velho VW carocha. O assento é feito à mão.
A pintura foi propositadamente mantida simples. Mas os 55cv de potência, e um binário de 45Nm, com um peso final de apenas 145kg são atrativos mais do que suficientes. Sobretudo em cima de rodas de 10 polegadas!

Galeria de Imagens

andardemoto.pt @ 5-10-2015 12:13:27


Clique aqui para ver mais sobre: MotoNews