Aprilia celebra o 10º aniversário da RSV4 com lançamento da RSV4 X

Aproveitando o Aprilia All Stars Day no circuito de Mugello, a casa de Noale revelou o projeto mais especial para este ano: a RSV4 X. Criada para celebrar o 10º aniversário da RSV4, só vão fabricar apenas 10 unidades desta arma apenas para pista e com um preço à altura de uma moto deste calibre.

andardemoto.pt @ 24-3-2019 20:37:58

Enquanto estivemos todos atentos à chegada da nova RSV4 1100 Factory, moto que muito em breve será analisada aqui no Andar de Moto e na nossa revista digital gratuita, a Aprilia e o seu departamento de competição Aprilia Racing têm estado bastante ocupados a preparar um dos projetos mais especiais dos últimos anos, a nova RSV4 X.

Esta variante X nasce da vontade da Aprilia em celebrar da melhor forma o 10º aniversário da RSV4, moto que foi lançada no mercado em 2009, na altura com o grande objetivo de dominar o Mundial Superbike, objetivo esse que conseguiu alcançar pelas mãos de Max Biaggi e também de Sylvain Guintoli.

Revelada ao público durante o evento Aprilia All Stars Day, a decorrer no circuito de Mugello, a RSV4 X apresenta-se como a derradeira arma disponível no vasto arsenal do programa Aprilia Factory Works, que noutros anos já nos trouxe motos bem especiais como a RSV4 RF-W Misano GP, que utilizava tecnologias de MotoGP como válvulas pneumáticas e caixa de velocidades “seamless”. Pois bem, 2019 marca a chegada de mais uma moto apenas para uso em pista, com o programa Factory Works desta feita a aproveitar a excelente base que é a nova RSV4 1100 Factory, dotando-a de elementos mais exóticos, menos peso e mais potência!

O motor V4 de 1078cc passa a debitar nada menos do que 225 cv! Tendo em conta que a RSV4 1100 Factory anuncia 217 cv, é um aumento de potência considerável. E como é que a Aprilia conseguiu esta melhoria? A primeira alteração é na distribuição, que recebe novas árvores de cames dedicadas à admissão, com novo perfil mais agressivo, derivado do sistema que a Aprilia Racing utilizava no Mundial Superbike até há bem pouco tempo.

Num motor montado à mão pelos técnicos especializados da Aprilia Racing, onde todas as tolerâncias internas são verificadas tal como acontece nos motores de competição, os 225 cv são atingidos também com a ajuda de um sistema de escape completo Akrapovic Evolution II, com coletores em titânio e ponteira em carbono, mapas de injeção específicos e exclusivos para a RSV4 X instalados numa centralina Magneti Marelli 7SM EC, e um novo filtro de ar da SprintFilter, modelo igual ao que a Aprilia utiliza em MotoGP.


Mas para além do motor V4, a RSV4 X brilha noutros departamentos, em particular ao nível da caixa de velocidades e também nos travões.

No caso da caixa de velocidades, a Aprilia RSV4 X é a primeira moto disponível ao motociclista comum a estar equipada com o sistema Aprilia No Neutral (ANN). Nesta caixa de velocidades, o ponto morto está colocado abaixo da 1ª relação de caixa, que por sua vez está diretamente por baixo da 2ª, e por aí adiante até à 6ª. A ANN aumenta a rapidez com que se troca de 1ª para 2ª, evitando ainda os falsos neutros na subida de relações de caixa. Tal como tantos outros componentes da RSV4 X, também a caixa Aprilia No Neutral advém dos conhecimentos e tecnologias utilizados no mundo da competição como Mundial Superbike e MotoGP.

O sistema de travagem continua a ser fornecido pelos especialistas da Brembo, mas também aqui a Aprilia inova, ao instalar na roda da frente um par de pinças monobloco GP4-MS, arrefecidas por condutas de ar em fibra de carbono. São maquinadas a partir de um bloco sólido de alumínio para maior leveza e rigidez, mordendo discos com tecnologia T-Drive, sendo controlados por uma bomba radial 19x16.

O peso anunciado pela Aprilia é de apenas 165 kg (a seco), o que coloca a RSV4 X quase ao nível dos valores que vemos nos protótipos de MotoGP. Este peso é o resultado da utilização de materiais mais nobres em comparação com a RSV4 1100 Factory, como são os casos das manetes maquinadas, tampas laterais do motor maquinadas, poisa-pés maquinados, carenagens totalmente fabricadas em fibra de carbono, para além da utilização de jantes forjadas, em magnésio, com assinatura da Marchesini, que são cobertas por pneus slick da Pirelli. Também o depósito de combustível é mais leve do que a unidade de série, mas mantém o mesmo formato.

Disponível para encomenda a partir da segunda metade do mês de abril através do website www.factoryworks.aprilia.com , a RSV4 X será uma edição extremamente limitada. De facto, apenas 10 unidades desta moto muito especial serão fabricadas para todo o mundo, ao preço de 39.900€, o que a tornará numa moto muito apetecível para qualquer colecionador de superdesportivas e de motos em geral.

Os gráficos inspirados na RS-GP de MotoGP são outro ponto que destaca a RSV4 X da RSV4 1100 Factory (totalmente preta), e os 10 sortudos que conseguirem ter uma destas na garagem terão ainda a oportunidade de receber a sua RSV4 X diretamente na Aprilia Racing, em Noale, sendo depois convidados especiais numa viagem pela fábrica da marca italiana.


Galeria de fotos Aprilia RSV4 X

andardemoto.pt @ 24-3-2019 20:37:58