Max Biaggi, numa Voxan Wattman, vai tentar bater o recorde de velocidade de uma moto eléctrica.

Nos Uyuni Salt Flats, na Bolivia, o multi-campeão do mundo vai tentar bater a marca de 330 km/h

andardemoto.pt @ 1-7-2019 18:01:14

O anterior recorde oficial da categoria de motos electricas, com propulsão a apenas uma roda, parcialmente carenada e com peso inferior a 300kg foi estabelecido em 2013, por Jim Hoogerhyde, que aos comandos de uma Lightning SB220 estabeleceu a marca de 327,608 km/h. Agora, Max Biaggi e a equipa da Voxan, a marca sediada no Mónaco que é propriedade da Venturi, preparam-se para bater a referida marca.

Max Biaggi já tinha sido detentor do recorde desta categoria, nos idos de 1994, façanha conseguida na pista da Nardó aos comandos de uma Fazi Egraf, então com uma velocidade de 135.071 km/h.

O piloto, seis vezes Campeão do Mundo, está a colaborar com o designer Sacha Lakic e o resto da equipa da Voxan no desenvolvimento da moto que se propõe bater o actual recorde em Agosto de 2020, no salar de Uyuni, na Bolívia.

A máxima atenção tem sido dada à ergonomia e à aerodinâmica, detalhes que envolvem a regular presença do “Imperador Romano” para que a sua fisionomia encaixe perfeitamente na moto, o que implica “scanning tridimensional” e medições pormenorizadas. 


O piloto seis vezes Campeão do Mundo está a colaborar com o designer Sacha Lakic e o resto da equipa da Voxan no desenvolvimento da moto que se propõe bater o actual recorde em Agosto de 2020, no salar de Uyuni, na Bolívia.

A máxima atenção tem sido dada à ergonomia e à aerodinâmica, detalhes que envolvem a regular presença do “Imperador Romano” para que a sua fisionomia encaixe perfeitamente na moto, o que implica “scanning tridimensional” e medições pormenorizadas. 

Max Biaggi comentou que: “A posição de condução não tem qualquer semelhança com a das motos desportivas normais. Eu tenho que, literalmente, ser uno com a moto, e conduzir deitado, muito perto do chão, e tenho que me habituar a isso porque essas são as limitações técnicas que este projecto implica”.
A Voxan Wattman, apresentada ao mundo em 2013, mas ainda longe da fase de produção em série, debita 203 cv e apresenta um binário de 196 Nm, que lhe permite acelerar de 0 a 100 km/h em apenas 3,4 segundos e alcançar os 160 km/h em apenas 4,9 segundos, estando a velocidade máxima limitada electronicamente a apenas 170 km/h.


andardemoto.pt @ 1-7-2019 18:01:14