A Curtiss Zeus tem um potente motor elétrico... e um preço a condizer!

A nova moto elétrica da Curtiss Motorcycles está finalmente pronta para passar à produção. O design eclético das antigas Confederate alia-se às novas tecnologias dos motores elétricos, onde destacamos as baterias “V8”. É claro que a Zeus tem um preço a condizer.

andardemoto.pt @ 12-7-2019 13:56:52

A apresentação de novas motos elétricas já não é propriamente uma surpresa, pois nos dias de hoje quase todos os fabricantes, desde os maiores até aos mais pequenos, querem estar presentes no mercado das duas rodas elétricas e amigas do ambiente. Mas há ainda algumas marcas que nos conseguem surpreender, não apenas pelo que nos mostram agora, mas porque se reinventaram por completo em pouco tempo.

A Curtiss Motorcycles pode ser um nome relativamente pouco conhecido entre nós. Mas se lhe disseramos que a Curtiss nasce depois da Confederate Motorcycles ter decidido cessar as suas operações no fabrico de motos a combustão, então já começa a ter uma ideia do que estamos a falar.

Em pouco tempo a Curtiss Motorcycles conseguiu reinventar o modelo de negócio no qual a Confederate obteve tanto sucesso. É claro que continuam a criar e fabricar motos únicas, verdadeiras peças de arte industrial em duas rodas. Mas em vez de utilizarem motores V-Twin a combustão, a Curtiss tem como missão a criação das mais impressionantes motos elétricas que o Mundo já viu.


E a primeira criação é a Zeus.

Nascida dos protótipos Hera e Zeus, a versão de produção revela-se imponente, majestosa, e mantendo algumas das características de design que tanto apreciávamos nas antigas Confederate.

O quadro é tubular, com os tubos a serem em titânio e com elementos cromados. A forquilha tipo Earles tem um só amortecedor, enquanto os travões são de fixação radial e a Curtiss garante que oferecem uma capacidade de travagem bem acima da média.

Mas o grande destaque na Curtiss Zeus é a forma como a marca americana dispôs as baterias. Os cilindros que vemos no lugar do que seria o motor a combustão são de facto as baterias! O seu posicionamento em V faz lembrar um massivo motor V8, uma forma interessante de não esquecer os potentes motores em V a combustão mas trazendo-os para um futuro amigo do ambiente.

A disposição dos cilindros é mais aberta à frente em comparação com a traseira. Com esta opção, a Curtiss não apenas conseguiu uma imagem bastante invulgar, como ao apertar o àngulo do V (da frente para a traseira) permite que as baterias traseiras recebam maior quantidade de ar fresco do que se estivessem escondidas pelas baterias da frente.


Outro ponto de destaque nesta moto elétrica da Curtiss é o seu potente motor, que serve de pivot do braço oscilante. A Zeus conta então com um motor elétrico Yasa P400 Series, capaz de disponibilizar um máximo de 217 cv!

Esta Zeus inspira-se na moto clássica com o mesmo nome. A Curtiss inspirou-se na V8 que o piloto Glenn Curtiss pilotou em 1908 e com a qual alcançou um novo recorde de velocidade de 220 km/h em Ormand Beach, Florida.

Com componentes “premium”, já falámos no quadro em titânio mas convém também referir, por exemplo, as jantes em magnésio, o preço que a Curtiss Motorcycles pede para termos uma Zeus na garagem é também impressionante: 75.000€!

Não há dúvida que esta Curtiss Zeus é uma moto muito especial. Mas será tão especial ao ponto de valer o que a marca americana está a pedir por esta moto elétrica?

andardemoto.pt @ 12-7-2019 13:56:52