Cinco sinais de que precisa de mudar o óleo do motor

Um motor de moto saudável necessita de boa lubrificação. O óleo que utiliza para lubrificar o motor da sua moto não dura para sempre e por vezes é necessário ter em atenção alguns sinais para saber se precisa de mudar o óleo.

andardemoto.pt @ 20-10-2019 20:24:50

Apesar de ser importante verificar regularmente o nível de óleo do motor da sua moto, é também importante utilizar o tipo de óleo de motor indicado para a sua moto. No manual de instruções o fabricante da moto indica qual o tipo de óleo indicado mediante diversas variantes, e é essa indicação que o caro leitor deverá seguir.

Não vale a pena pesquisar por “dicas” no Google ou em fóruns, pois muitas vezes as respostas que encontramos, apesar de parecerem corretas, podem estar erradas e no fim causar danos graves no motor ou, pior ainda, danos irreparáveis!

O óleo do motor é importante por diversas razões. É este líquido que o fabricante utiliza para lubrificar os componentes internos do motor. Ao mesmo tempo o óleo tem como função o arrefecimento dos componentes internos.

Como sabemos, o motor de uma moto atinge rotações bastante elevadas e a temperatura aumenta, e por isso o óleo usado na lubrificação tem também a função de baixar a temperatura dos vários componentes metálicos. Se a temperatura aumentar em demasia, seja pelo óleo não chegar onde deve para lubrificar, seja porque já não está em condições, o resultado pode ser um motor para o lixo.

Mas um óleo de motor não dura para sempre! Apesar dos fabricantes de óleos de motor usarem diversos químicos para fabricar óleos para aplicações específicas, prolongando a vida útil do óleo do motor, a realidade é que com o passar dos quilómetros o óleo perde qualidades.

Cada óleo tem um número de quilómetros em que pode ser usado, findo o qual deverá ser trocado. O manual de instruções da sua moto deve indicar quando tem de fazer a mudança de óleo.

Atualmente encontramos motos em que a mudança de óleo deve ser feita a cada 5000 km, mas há também outras motos onde a troca de óleo é efetuada a cada 15.000 km. Seja qual for a quilometragem, há certos sinais que nos podem ajudar a perceber o estado do óleo do motor da moto.

Por isso o Andar de Moto deixa aqui cinco sinais de que a sua moto pode estar a precisar de óleo novo. E não se esqueça: de cada vez que trocar o óleo, troque também o filtro de óleo!


Sinal #1 - Veja se o óleo está preto e tem textura arenosa

Comparação entre óleo de motor bom (esquerda) e óleo de motor usado (à direita)

Comparação entre óleo de motor bom (esquerda) e óleo de motor usado (à direita)

Algumas motos ainda têm vareta, outra já têm uma pequena janela para verificar o nível do óleo. Seja qual for o caso da sua moto, deverá verificar a cor do óleo do motor. No início o óleo do motor é translúcído e tonalidade dourada / castanha. Mas com o tempo vai passar a preto e também fica mais espesso.

Para verificar se está espesso, coloque um pouco do óleo na ponta do dedo, e esfregue o óleo com outro dedo. Se o óleo estiver bom, deverá ser suave. Se sentir que o óleo está com textura arenosa, como se tivesse grãos de areia, significa que o óleo está contaminado e deve ser trocado.

Em relação à cor preta do óleo, não existe um espaço de tempo para que o óleo comece a mudar da cor original para preto. É no entanto possível controlar a mudança da cor. Se todos os meses verificar o óleo, vai conseguir perceber se o óleo está mais preto do que devia estar. Se estiver mesmo muito preto, o óleo deve ser trocado.

Sinal #2 - O motor está a fazer mais ruído do que o habitual

Esta é uma daquelas coisas que o caro leitor vai saber reconhecer na sua moto melhor do que qualquer outra pessoa. É a sua moto, anda nela frequentemente, e qualquer ruído fora do habitual vai ficar a ecoar no seu ouvido e despoletar um sinal de alarme.

Óleo novo que é colocado no motor permite criar uma camada “fresca” de proteção entre peças metálicas no interior do motor. Não adora o som de um motor novinho em folha? Com o passar do tempo e dos quilómetros o óleo vai perder esta propriedade, e as peças metálicas vão ficar em contacto sem tanta lubrificação, criando ruídos fora do normal.

Se ouvir ruídos fora do normal e num volume acima do habitual, isso é um sinal de que pode estar na altura de trocar de óleo do motor.


Sinal #3 - Luz indicadora de problema de motor não desaparece

As motos modernas têm sensores no motor que permitem avisar, por meio de luzes no painel de instrumentos da moto, se o nível de óleo no motor é suficiente ou se o motor tem pouco óleo.

Sempre que a luz de aviso aparecer, deve verificar o nível do óleo. Caso o nível de óleo esteja ligeiramente abaixo do habitual, pode ser apenas necessário adicionar um pouco de óleo para repor o nível. A luz deverá apagar. Caso a luz de aviso “check engine” ficar acesa, isto é sinal de um problema mais grave e a moto deve ser verificada por um mecânico qualificado.

Sinal #4 - Nível de óleo está abaixo da marca mínima

Já adicionou óleo para repor o nível, verificou através da vareta ou da janela que o óleo está no máximo indicado pelo fabricante da moto, mas o nível de óleo continua a baixar. Isto é sinal de um problema!

Não existindo uma fuga no motor, isso significa que o problema pode estar no óleo ser já demasiado usado. Quando o óleo perde as suas características químicas perde também a capacidade de lubrificação. O motor irá utilizar maior quantidade de óleo para garantir que todos os componentes estão devidamente lubrificados.

É por isso que, por mais que reponha o nível de óleo, o nível de óleo estará sempre a baixar mais do que o normal. Neste caso é necessário trocar o óleo.

Sinal #5 - Não se lembra da última vez que trocou o óleo

Sempre que trocar de óleo, troque também de filtro de óleo

Sempre que trocar de óleo, troque também de filtro de óleo

Apesar dos fabricantes dizerem no manual de instruções da moto que o óleo do motor deve ser trocado a cada X quilómetros, na realidade deve ter em atenção o tempo em que o óleo está a ser usado.

O melhor será trocar o óleo do motor a cada 12 meses, caso não cumpra os quilómetros definidos pelo fabricante da moto.

Se não se lembra da última vez que o óleo do motor da sua moto foi trocado, então esse é um bom sinal de que está na altura de trocar o óleo! Convém ter a certeza de que da próxima vez não se perde com o tempo / quilómetros que o óleo do motor tem. Escreva num papel a data e quilómetros da moto quando efetua cada troca de óleo.

Convém também ter em atenção o tipo de utilização que dá à sua moto. Por exemplo, é normal nas motos que vão para a pista os proprietários realizarem a troca de óleo do motor mais frequentemente do que aquilo que vem descrito no manual de instruções. Nestes casos o motor estará sujeito a um esforço maior, e por isso convém ter o óleo sempre nas melhores condições possíveis.

andardemoto.pt @ 20-10-2019 20:24:50


Clique aqui para ver mais sobre: MotoNews