Kawasaki anuncia chegada da Versys 1000 S e atualização da Versys 1000 SE

Marca japonesa revelou as versões 2021 das “adventure tourer” Versys 1000 SE e Versys 1000 S. Fique a conhecer em detalhe as novidades, em especial as novas suspensões eletrónicas Showa Skyhook desenvolvidas especificamente para a Kawasaki.

andardemoto.pt @ 13-10-2020 13:47:40

A gama “adventure tourer” da Kawasaki recebe para 2021 importantes novidades que farão com que as Versys 1000 se tornem em motos capazes de responder às necessidades e desejos dos motociclistas mais exigentes.

Totalmente nova para 2021 é a Versys 1000 S.

Esta versão ficará posicionada acima da versão base que já conhecemos e abaixo da Versys 1000 SE, moto que ficaremos a conhecer em detalhe mais à frente neste artigo. A Versys 1000 S recebe uma série de equipamentos que até agora estavam destinados apenas à SE, tornando-se por isso numa versão melhor equipada mas sem ser a mais bem equipada da gama.

Kawasaki Versys 1000 S


Esta nova Kawasaki Versys 1000 S conta com suspensões mecânicas, onde destacamos a forquilha Showa invertida, com bainhas de 43 mm, ajustável em extensão e pré-carga da mola. No eixo traseiro um amortecedor a gás, também da Showa, permite a afinação dos mesmos parâmetros e conta com ajuste remoto da pré-carga para ser mais fácil ao condutor ajustar a suspensão traseira.

O motor quatro cilindros em linha de 1043 cc mantém-se inalterado em termos de performance.

O pacote eletrónico de opções e ajudas à condução é bastante completo nesta Versys 1000 S. A unidade de medição de inércia tem a sensibilidade para ajustar as ajudas eletrónicas em curva. O condutor pode selecionar três modos de potência, quatro modos de condução, ajustar a intervenção do controlo de tração, e ainda contar com o sistema KIBS que controla o sistema de ABS inteligente desenvolvido pela Kawasaki.



A nível de equipamento a nova Versys 1000 S conta com algumas das melhores opções que a Kawasaki desenvolveu para as suas “adventure tourer”.

O ecrã frontal é maior e facilmente ajustável em altura, enquanto o assento foi desenhado para oferecer conforto mesmo nas viagens mais prolongadas. De referir que a Kawasaki disponibiliza, como opcional, um assento 20 mm mais baixo. A iluminação é totalmente em LED, incluindo as luzes com função “cornering”,o painel de instrumentos TFT a cores permite conexão com o telemóvel por Bluetooth e assim podemos usar a app Kawasaki Rideology, e a pintura utiliza uma tecnologia especial que permite recuperar de danos ligeiros como riscos.

Para os motociclistas que pretendem viajar em qualquer tipo de condições, a Kawasaki instala ainda como equipamento de série punhos aquecidos e proteções de mão.

A marca de Akashi confirma também que esta novidade estará disponível nos concessionários em variantes melhor equipadas:

- Versys 1000 S Tourer – malas laterais de 56 litros, forro interior das malas laterais, proteção de depósito de combustível;
- Versys 1000 S Tourer Plus - malas laterais de 56 litros, forro interior das malas laterais, proteção de depósito de combustível, luzes de nevoeiro;
- Versys 1000 S Grand Tour - malas laterais de 56 litros, forro interior das malas laterais, “top case” de 47 litros, forro interior da “top case”, proteção de depósito de combustível, luzes de nevoeiro, suporte de GPS, proteções de quadro.

Galeria de fotos Kawasaki Versys 1000 S


Kawasaki Versys 1000 SE


Para além da Versys 1000 S, a Kawasaki decidiu que a Versys 1000 SE estava a necessitar de algo mais para enfrentar a concorrência num segmento que é sempre bastante concorrido. Por isso a casa de Akashi, em conjunto com a Showa, desenvolveu uma versão específica do sistema Skyhook e que agora se estreia na Versys 1000 SE de 2021.

Os leitores mais atentos imediatamente irão reconhecer a denominação deste sistema de suspensões eletrónicas. A Ducati já o utiliza nas Multistrada. É um sistema que simula que a moto está “pendurada” num gancho, e depois o algoritmo de controlo da válvula eletrónica nas suspensões ajusta a compressão de forma a que o conjunto permaneça o mais equilibrado possível.

As suspensões Showa Skyhook já estão a ser usadas desde 2012 e não são por isso uma novidade absoluta. Mas a Kawasaki decidiu dar um passo em frente e elevar o nível de eficácia do sistema.


Para isso os engenheiros de Akashi trabalharam em parceria com a Showa para evoluir o algoritmo que controla o sistema Skyhook, e o resultado foi de tal forma impressionante que a Kawasaki decidiu substituir as anteriores suspensões eletrónicas da Versys 1000 SE, as KECS, pelo novo sistema Skyhook EERA – Electronically Equipped Ride Adjustment.

Em comparação com as suspensões KECS, as novas Skyhook EERA garantem que tanto a roda dianteira como a traseira conseguem absorver melhor os pequenos ressaltos no asfalto, o funcionamento é mais rápido ao nível da alteração dos parâmetros de afinação, e o condutor sentirá uma ligação mais direta ao asfalto, o que se traduz em confiança.

Esta é a grande diferença entre a Versys S e a Versys SE, pois os restantes equipamentos serão basicamente iguais.

Galeria de fotos Kawasaki Versys 1000 SE

andardemoto.pt @ 13-10-2020 13:47:40


Clique aqui para ver mais sobre: MotoNews