Kawasaki Ninja ZX-10R e ZX-10RR – Mudança radical de visual para 2021 e motor Euro5

A casa de Akashi vai revelar todas as informações sobre as novas Ninja ZX-10R e ZX-10RR a 23 de novembro. Mas já temos as primeiras imagens da nova superdesportiva da Kawasaki graças à homologação do novo modelo na Austrália.

andardemoto.pt @ 4-11-2020 16:00:07

Quando um determinado modelo de superdesportiva ajuda a conquistar seis títulos mundiais de pilotos e construtores no Mundial Superbike, ainda por cima de forma consecutiva, não haverá muita coisa que o fabricante possa fazer para melhorar. E essa parece ter sido a estratégia da Kawasaki em relação à campeã Ninja ZX-10R e também à variante especial de homologação ZX-10RR.

Embora Jonathan Rea tenha pressionado ao longo da temporada para que os engenheiros da casa de Akashi apresentassem uma Ninja ZX-10RR totalmente nova, de forma a conseguir ter argumentos para competir em pista frente às rivais mais potentes e melhor apetrechadas em termos eletrónicos, a verdade é que, numa primeira análise, e ainda sem conhecermos os detalhes técnicos completos, a Kawasaki optou por não realizar uma renovação completa à sua superdesportiva de topo.

A apresentação mundial da nova geração 2021 da Ninja ZX-10R e ZX-10RR está prevista para acontecer apenas a 23 de novembro. Até lá, a Kawasaki esperava conseguir evitar que o público ficasse a conhecer antecipadamente esta novidade. Mas o website Motorcycle.com conseguiu aceder aos documentos de homologação da Ninja ZX-10R na Austrália, e assim temos também as primeiras imagens deste modelo.



Visualmente, as Ninja ZX-10R e ZX-10RR vão sofrer uma grande renovação. Tal como as restantes desportivas da marca japonesa, também a superdesportiva passará a ostentar um frontal com um design muito aproximado ao da poderosa Ninja H2, com as óticas, agora “full LED”, a ficarem encaixadas e praticamente escondidas em reentrâncias bastante pronunciadas.

Ao contrário de muitas das suas rivais (em pista ou na estrada), as novas Kawasaki Ninja ZX-10R e ZX-10RR não contam com as exuberantes asas aerodinâmicas. Uma opção que não deixa de ser algo estranha tendo em conta que estes elementos são hoje em dia o “Santo Graal” do segmento.

O motor quatro cilindros em linha mantém-se praticamente inalterado. Isto de acordo com os detalhes da ficha de homologação. A potência tanto da variante base R como da especial de homologação RR continua pouco acima dos 200 cv, embora a Kawasaki tenha conseguido modificar a gama de rotações em que a potência é entregue (mais abaixo), sendo que no caso da Ninja ZX-10RR, e a pensar nas equipas que a querem usar em competição, a Kawasaki aumentou o regime máximo de rotações para as 14.000 rpm.

Tudo isto deverá ser resultado, também, das modificações realizadas ao nível da admissão e injeção de combustível, pois este motor quatro cilindros em linha, instalado num quadro dupla trave em alumínio que não parece apresentar modificações de destaque, passará agora a estar de acordo com as normas Euro5.



O que também não deixa de ser supreendente, isto de acordo com os primeiros detalhes descobertos através das fichas de homologação na Austrália, é o peso destas superdesportivas. Tudo aponta para que o peso (sem combustível) seja de 194 kg. Se o depósito de combustível se mantiver nos 17 litros, facilmente o peso a cheio do conjunto supera os 200 kg, o que coloca estas Kawasaki bastante acima dos valores encontrados no segmento.

Através das imagens, que infelizmente não têm grande qualidade, conseguimos ainda perceber que o painel de instrumentos desta geração Euro5 é um ecrã TFT de maiores dimensões, enquanto as pinças de travão Brembo deverão passar a ser as mais atuais Stylema em vez das M50.

Tudo isto carece ainda de confirmação oficial por parte da Kawasaki. Essa confirmação, conforme referimos, irá acontecer a 23 de novembro. Até lá provavelmente conseguiremos ter acesso a mais algumas informações e por isso fique atento ao seu Andar de Moto para estar sempre atualizado em relação às novidades Kawasaki para 2021.

andardemoto.pt @ 4-11-2020 16:00:07


Clique aqui para ver mais sobre: MotoNews