A Buell Motorcycles está de regresso... novamente!

Depois de recuperar os direitos da marca das mãos da Harley-Davidson, Bill Melvin anunciou o regresso da marca americana Buell Motorcycles. No total serão dez modelos novos até 2024, incluindo uma Buell elétrica.

andardemoto.pt @ 19-2-2021 18:55:55

Se o caro leitor é um daqueles motociclistas mais experientes e com maior “quilometragem” – repare que não estamos a dizer que você é velho! – o nome Buell Motorcycles não lhe será totalmente estranho. Talvez hoje em dia seja apenas uma memória distante, mas este nome não lhe é estranho.

E menos estranho será se lhe dissermos que a Buell Motorcycles está de regresso... novamente!

De acordo com um comunicado publicado no website do fabricante americano, que tem agora Bill Melvin como CEO, a Buell Motorcycles está novamente com planos para apresentar muitas novidades. O plano estratégico deste renascimento da icónica marca americana fundada por Erik Buell inclui nada menos do que dez novos modelos até 2024, incluindo uma moto elétrica.

Um plano que não deixa de ser ambicioso tendo em conta que estamos a falar de um fabricante de pequenas dimensões, facto assumido pelo próprio Bill Melvin que pretende que aquela que agora é a sua marca se torne em algo semelhante à Bugatti ou a Koenigsegg do mundo das duas rodas.


Nesta nova vida não se inclui o fundador da marca. Bill Melvin já confirmou aos meios de comunicação norte-americanos que Erik Buell está totalmente afastado do projeto.

A Buell Motorcycles irá apresentar modelos para diversos segmentos: offroad, trail / aventura, turísticas, ou até mesmo cruisers. Bill Melvin confirma que estas motos terão como base a plataforma 1190 que foi criada e usada pela Erik Buell Racing, e que chegou mesmo a competir no Mundial Superbike, e que mais recentemente deu origem à 1190 HCR – Hillclimb Racer da Cipala Racing e que conquistou o título AMA.

Este lado mais offroad da Buell Motorcycles dará origem a uma variante 1190 Baja Race e uma 1190 Baja Adventure. Para além disso, a 1190 Super Touring já se deixa ver numa série de “renders” (imagens criadas por computador), e inclui mesmo elementos obrigatórios como as malas laterais e pneus cardados. A marca americana revela que a potência do motor bicilíndrico em V atinge os 185 cv.



A nova vida da Buell Motorcycles vai incluir ainda motorizações de média e baixa cilindrada. Não sabemos ainda que tipo de motos serão. O que se sabe, pois o comunicado da marca confirma-o, é que existe um projeto para fabricar uma Buell elétrica. Para isso já estão a ser desenvolvidos alguns elementos, mas a Buell Motorcycles está aberta a colaborações com outros fabricantes especialistas em motos elétricas.

A produção das novas Buell já arrancou nas instalações da marca em Grand Rapids, Michigan. Cada moto será montada à mão, e as primeiras unidades deverão ser entregues aos proprietários ainda este ano, embora a produção mais a sério arranque em força em 2022. De qualquer forma a Buell Motorcycles, se quiser cumprir com o “deadline” de 2024 e dez novos modelos, não poderá sofrer qualquer problema de produção ou estará novamente condenada ao fracasso.

A história da Buell Motorcycles


A marca americana foi fundada por Erik Buell em 1983. Um ano depois a Buell RW750 era apresentada como moto de competição para a categoria F1 do campeonato americano de velocidade AMA.

Entre 1985 e 1992 foi o período “dourado” para a Buell, com Erik a conseguir criar uma gama baseada nos motores V-twin da Harley-Davidson. A marca de Milwaukee ficou impressionada com as criações de Erik Buell, e decidiu entrar na empresa através de uma pequena participação em 1993.

Cinco anos depois, Erik Buell chegava a acordo com a Harley-Davidson para vender 49% da empresa à marca de Milwaukee, e a partir daí vimos chegar à estrada diversos modelos Buell que se tornaram icónicos e alguns até são mesmo objetos de culto para os motociclistas.

A XBR9 Firebolt, por exemplo, dispensava o convencional depósito de combustível e guardava a gasolina no interior das traves do quadro! Outro elemento que distinguia as Buell era o disco dianteiro perimetral, uma demonstração por parte de Erik Buell na procura da melhoria da dinâmica através da centralização de massas.



Enquanto os modelos de estrada da Buell iram perdendo relevância face às rivais mais eficientes, o projeto desportivo da marca obteve aquele que foi o seu maior sucesso em 2009, quando o piloto Danny Eslick assegurou o titulo de campeão do campeonato AMA Pro Daytona aos comandos de uma Buell 1125R. Para além dessa versão desportiva, a Buell também fabricou uma streetfighter denominada 1125 CR.

A Harley-Davidson decidiu encerrar as operações e produção das Buell ainda em 2009. Nas redes sociais foram partilhadas na altura imagens de centenas de modelos Buell condenadas ao abandono ou a serem destruídas.

Eventualmente o espírito de lutador de Erik Buell levou-o a fazer renascer a marca então com a denominação Erik Buell Racing. As EBR 1190 RS chegaram mesmo a competir no Mundial Superbike, motos de competição totalmente diferentes do que este campeonato estava habituado.


Mas nem mesmo o impacto da sua presença numa competição a nível mundial impediu a Erik Buell Racing de fechar portas. Erik ainda tentou chegar a acordo com os indianos da Hero Motorsports, mas o acordo não se revelou benéfico para a EBR. Aliás, terá sido mesmo uma das causas para o acelerar do fim da EBR em finais de 2015.

Desde então tem existido uma longa batalha pela posse dos bens da empresa. Bill Melvin foi quem conseguiu assegurar os bens, em 2018. No entanto os direitos da marca Buell Motorcycles ainda estavam na posse a Harley-Davidson. Melvin finalmente conseguiu adquirir os direito no início de 2020, de forma algo surpreendente e que, talvez por causa da pandemia global, foi uma situação que terá passado despercebida a quase toda a indústria.

Agora, cerca de um ano depois da aquisição total da marca Buell Motorcycles, Bill Melvin está perto de concretizar o seu plano e fazer regressar à estrada as famosas Buell. Será que vai manter-se fiel aos conceitos revolucionários de Erik Buell? Teremos de aguardar para ver.

andardemoto.pt @ 19-2-2021 18:55:55


Clique aqui para ver mais sobre: MotoNews