A Energica anuncia desenvolvimento de comandos por voz para a moto

O fabricante italiano de motos elétricas revela a existência de um projeto em desenvolvimento que permitirá “falar” com a moto e aceder a diversas funções. A Energica está a trabalhar com a Cellularline e a Alascom na criação de um sistema “hands-free”.

andardemoto.pt @ 24-2-2021 11:23:18

Atualmente os motociclistas podem considerar-se bastante sortudos. Para além das motos estarem cada vez melhores em termos de prestações e eficiência, estão melhor equipadas a nível de tecnologia que nos permite desfrutar das nossas motos e manter-nos ligados ao mundo que nos rodeia.

Cada vez mais encontramos novidades equipadas com paineis de instrumentos TFT que, para além de disponibilizarem mais informações e de uma forma mais apelativa e legível, permitem a ligação por Bluetooth com os nossos smartphones e outros aparelhos móveis como o GPS ou, principalmente, os intercomunicadores.

É precisamente através dos intercomunicadores que os motociclistas podem aceder a uma série de funcionalidades do seu smartphone. Os comandos por voz facilitam a vida enquanto estamos a conduzir a moto e precisamos de ter os olhos na estrada e as mãos nos punhos. As motos muitas vezes têm também a possibilidade de nos transmitir mensagens de texto e outras informações.

Mas há uma coisa que ainda não conseguimos fazer: falar diretamente com a nossa moto!



Porém, e de acordo com informações recentemente confirmadas pelos italianos da Energica, fabricante de motos elétricas (são os fornecedores exclusivos das motos Energica Ego Corsa para a Taça do Mundo FIM MotoE), esta situação está perto de se alterar por completo pois em breve será possível falar com a nossa moto utilizando comandos por voz.

A Energica anunciou uma parceria com a Cellularline e a Alascom para criação de um sistema de comandos por voz que permitirá ao condutor, em última análise, alterar parâmetros do sistema eletrónico instalado na sua moto.

Com o sistema de comunicação por voz “motociclista-motociclo”, será possível alterar facilmente os modos de condução, alterar o nível de intervenção do controlo de tração, ou até, para as motos que tiverem GPS integrado, será ainda possível comunicar um destino que pretendemos e a moto automaticamente traça a rota para esse destino indicando-a no painel de instrumentos.

O sistema, ainda de acordo com a Energica, vai ter em conta a integração com os atuais assistentes por voz que a Google e a Apple criaram e estão atualmente disponíveis nos nossos smartphones. Será por isso possível dizer “OK Google” ou então “Hey Siri”. No caso do sistema da Energica presumimos que para iniciar a comunicação com a moto elétrica italiana teremos de dizer “Hey Energica... liga o motor”, e a moto fica pronta a arrancar sem precisarmos de carregar na ignição.



A implementação desta tecnologia “hands-free” será extremamente interessante, e embora o projeto esteja ainda numa fase embrionária, Giampiero Testoni, da Energica, mostra-se bastante entusiasmado com o mundo de possibilidades que agora têm pela frente:

“A Inteligência Artificial é uma tendência em rápido crescimento, especialmente na interação entre o condutor e o seu veículo. Temos vindo a perseguir a inovação durante anos também neste campo, de forma a disponibilizar aos nossos clientes um produto que é o mais avançado do mundo, que seja responsivo mas também útil. Graças a este protocolo de comunicação inovador o condutor poderá encontrar facilmente, e sem distrações, as informações que precisa”.

A Energica não revela ainda uma data específica para a introdução deste sistema de comunicação “motociclista-motociclo” na sua gama de motos elétricas. Mas tendo em conta que os avanços tecnológicos nesta área acontecem a um ritmo eletrizante, não seria surpresa para ninguém se a marca italiana nos apresentasse um protótipo funcional num futuro a curto prazo.

Em breve, falar com a sua moto deixará se ser um sonho!

andardemoto.pt @ 24-2-2021 11:23:18


Clique aqui para ver mais sobre: MotoNews