NIU apresenta duas novidades eléctricas: as scooters MQi GT e UQi GT

Os primeiros lançamentos da NIU em 2021 reforçam a mobilidade elétrica com qualidade, conforto e inovação e trocam a chave de ignição pelo telemóvel.

andardemoto.pt @ 3-3-2021 16:58:50

MQi GT: conforto e liberdade

MQi GT: conforto e liberdade

É a mais recente novidade das scooters elétricas NIU para 2021. Completamente nova em termos de arquitetura de construção, a MQi GT vem elevar o padrão de qualidade do construtor líder mundial de soluções de mobilidade urbana inteligente.

Com um quadro mais robusto e de maior dimensão é também mais alta, graças às rodas de 14 polegadas, que aumentam a distância ao solo. O quadro mais amplo garante um acréscimo de conforto e, mais importante ainda, de manobrabilidade para enfrentar o trânsito urbano.

Equipada com um motor Bosch a MQi GT desenvolve uma potência contínua de 3100w que lhe permite alcançar rapidamente a velocidade máxima de 70 km/h. A autonomia estimada pode chegar aos 70 ou 80 quilómetros graças às baterias de lítio Niu Energy de quarta geração.

Equipada com duas baterias de 48V com um peso de 11 quilos cada, permite utilizar apenas uma bateria para criar espaço para guardar um capacete por baixo do assento. Este também cresceu em tamanho, permitindo uma melhor acomodação do passageiro, que passa a dispor de apoios de pés integrados.

Novidade relevante é também o painel de instrumentos, maior e mais horizontal para tornar mais fácil a leitura de dados relativos ao estado e funcionamento da scooter, como carga da bateria, modo de condução, velocidade e muito mais informação.

A MQi GT tem três modos de condução (save, dynamic e sport), as quais permitem diferentes velocidades (25, 55 e 70 km/h) e ainda, no caso da primeira, aumentar substancialmente a autonomia, sendo que a utilização de apenas uma bateria exclui o modo mais rápido (sport) capaz de levar a MQi GT aos 70 km/hora.

Uma das referências da NIU é a iluminação, destacando-se o farolim dianteiro LED da terceira geração que garante a mais ampla, segura e eficiente luminosidade, fazendo, graças às luzes de 360°, com que a scooter seja bastante visível de dia ou de noite.

Os discos de travão, de dimensão generosa tanto na frente como atrás, garantem uma travagem tão eficaz quanto segura, com o fabricante a anunciar que, a 30 km/h e com uma carga de 75 kg, o veículo detém-se em apenas 2,61 metros! Um novo sistema de travagem eletrónico EBS regenera a energia para aumentar a carga da bateria e, por consequência, alargar a autonomia.

Como empresa tecnológica, a NIU privilegia as soluções inteligentes, tendo dispensado na MQi GT o uso da chave de ignição para a colocar em marcha. É a partir da palma da mão que podemos comandar a scooter, através do telemóvel, bastando descarregar a aplicação  gratuita Niu App. Com apenas um simples toque acede-se a uma verificação rápida de múltiplos parâmetros, como a localização em tempo real, os percursos efetuados, o estado da carga da bateria, a autonomia, localização GPS e muito mais, sendo também possível bloquear ou desbloquear o veículo.

Com um peso de 115Kg, a NIU MQi GT tem uma capacidade de carga de 154kg, e uma altura de assento de 816mm. Está equipada com uma tomada USB auxiliar. O carregamento das baterias (31Ah) demora aproximadamente 4 horas e meia. 
A MQi GT tem um preço de 3.399€, e nesta fase de lançamento ainda oferece, numa campanha limitada no tempo, um vale de desconto de 400€ que colocará o preço final em apenas 2.999€!


UQi GT: elegante e sedutora

UQi GT: elegante e sedutora

Com estilo algo diferente da sua antecessora, a nova UQi GT não deixa de ter a aparência dócil e elegante de uma gazela,  sem carenagem, com rodas de 14 polegadas que lhe conferem uma pronunciada altura ao solo.

Equivalente a uma 50 cc, o motor Bosch de 1500w de potência contínua é alimentado por uma bateria de iões de lítio de quarta geração e alcança a velocidade máxima permitida por lei, de 45 km/h. A autonomia varia de acordo com a potência da bateria escolhida em opção: 40/50 km com a bateria de 48V/31Ah ou 50/60 km com a bateria de 48V/42Ah. O tempo de carga é de 7 ou 9 horas respetivamente.

Embora com um peso de apenas 75Kg, esta sedutora scooter urbana tem capacidade para duas pessoas, apesar de a sua vocação ser marcadamente individual, pois quem acompanhar o condutor apenas terá um conforto mínimo, desaconselhado para percorrer grandes distâncias, em face do assento de dimensão mais reduzida.

No trânsito citadino, a configuração “estilo gazela” abre caminho a uma agilidade e a uma dinâmica digna de registo. Os dois modos de condução (1 e 2), com velocidades máximas de 25 ou de 45 km/h incluem um regulador de velocidade, ideal para percursos com grandes retas e sem semáforos, que se desativa automaticamente quando se aplica os travões ou o acelerador.


Como tecnologia é um dos cartões de visita da NIU e faz parte do seu ADN, ela marca presença nos mais pequenos detalhes e quando a carga da bateria da UQi GT baixa aos 10%, ela passa automaticamente a funcionar em modo 1, para prolongar a autonomia. Além disso o sistema de travagem regenerativo, cada vez que os travões são accionados recupera energia para carregar a bateria.

O sistema de iluminação LED 360° combina o baixo consumo de energia com uma forte intensidade de luz e tem a vantagem de se acender automaticamente para garantir a máxima segurança. De resto, o sinal de mudança de direção desliga de forma automática quando a manobra é concluída, e existe uma tomada auxiliar USB para carregamento de dispositivos eletrónicos.

Não é necessário utilizar a chave de ignição para colocar a scooter em marcha. A aplicação (App NIU) da marca permite, através do telemóvel, obter o controlo absoluto do veículo: alarme antirroubo, estado da bateria, autonomia, localização GPS em tempo real, percursos efetuados, etc.

O preço da UQi GT varia entre 2.299€ e 2.599€, consoante a opção por uma bateria com maior capacidade de autonomia. 

A NIU é representada em Portugal (continente e ilhas) pela NP-MOB. Tem lojas em Lisboa, Porto, Cascais e Madeira.


andardemoto.pt @ 3-3-2021 16:58:50


Clique aqui para ver mais sobre: MotoNews