Bandit9 Supermarine – Uma moto pouco convencional

O fabricante vietnamita apresenta a sua nova criação de duas rodas. A Bandit9 Supermarine inspira-se nas formas da manta e apresenta-se como uma moto pouco convencional.

andardemoto.pt @ 8-10-2021 10:37:25

A Bandit9 é reconhecida mundialmente pelas suas criações com um sabor retro e detalhes futuristas. As suas motos são verdadeiras obras de arte, mas o fabricante vietnamita acaba de apresentar aquela que é uma das suas criações menos convencionais: a Supermarine.

A Bandit9 Supermarine é uma proposta audaciosa em termos de design e funcionalidade. Adotando as formas aerodinâmicas que tornam uma manta num dos peixes mais majestosos que podemos encontrar no nosso planeta, a Supermarine tornou-se num dos projetos mais ambiciosos de sempre da Bandit9.

O seu quadro fabricado em alumínio 7075 foi desenhado e fabricado pela Bandit9. Se a moto completa é uma obra de arte, basta olhar para as formas despidas do quadro para percebermos a qualidade do trabalho realizado pelo fabricante vietnamita.


Apenas uma parte, principalmente na traseira, do quadro está à vista. A outra parte fica escondida pela massiva carenagem de formas orgânicas que se inspira nas asas de uma manta, como se estivesse a abraçar o motor no seu interior.

O motor, o coração que faz movimentar esta moto verdadeiramente fora do comum, é um bicilíndrico de origem Triumph. Na sua configuração base a Supermarine conta com o motor de 900 cc da marca britânica, capaz de disponibilizar, depois de algumas modificações, cerca de 75 cv de potência às 7.500 rpm, possibilitando a esta moto customizada atingir os 193 km/h.

Porém, para os clientes que procuram algo mais específico ou potente, a Bandit9 permite o “upgrade” para a versão 1200 cc do motor Triumph. Neste caso a potência aumenta para os 103 cv e a velocidade máxima sobe para os 210 km/h. Tanto no caso do motor 900 cc como no mais potente 1200 cc, a Bandit9 garante que são compatíveis com as normas Euro5.



A enorme carenagem é fabricada numa única peça. Pode ser em ABS moldado ou em fibra de carbono. Seja qual for a opção do cliente, é impossível não ficar impressionado com a forma desta peça única, que garante o aspeto tão especial da Supermarine e uma aparência aerodinâmica futurista. No caso da carenagem ser ABS, o peso da moto é de 216 kg. Já a versão fibra de carbono ajuda a reduzir o peso do conjunto para os 190 kg.

Como seria de esperar num projeto deste tipo, a Bandit9 permite ao cliente selecionar uma série de componentes ao seu gosto: o sistema de escape pode ser em aço inox ou em titânio, a suspensão base é da Nitron mas pode ser melhorada para componentes Öhlins, enquanto a travagem dianteira Brembo com pinça de 4 pistões pode ser trocada por pinça Beringer Aerotec de 6 pistões.


Neste que é, sem dúvida, um ambicioso projeto por parte da Bandit9, que foi obrigada a desenhar, desenvolver e fabricar nada menos do que 400 peças individuais para criar a Supermarine, o preço é um fator irrelevante. De momento a Bandit9 nem sequer refere oficialmente qual será o valor a pagar para ter uma Supermarine na garagem. Mas já sabemos que cada moto será fabricada conforme seja feita a encomenda e de acordo com a especificação desejada pelo cliente. As entregas devem começar a acontecer em dezembro de 2021.


Galeria de fotos Bandit9 Supermarine

andardemoto.pt @ 8-10-2021 10:37:25


Clique aqui para ver mais sobre: MotoNews