Honda acelera eletrificação de motos e reforça estrutura empresarial

A Honda anunciou hoje um compromisso robusto com a eletrificação, acompanhado por uma estratégia sólida para fortalecer a sua estrutura empresarial.

andardemoto.pt @ 30-11-2023 11:10:15

Num resumo conciso das informações apresentadas por meio de uma conferência de imprensa dedicada à sua divisão de motos encontra-se o estabelecimento de uma meta global de vendas anuais de motos elétricas até 2030 em 4 milhões de unidades, representando um acréscimo de 500.000 unidades em relação à meta anunciada no ano passado, que era de 3,5 milhões. 

A Honda delineou também planos para introduzir 30 modelos elétricos em todo o mundo até 2030, demonstrando um compromisso substancial com a expansão de sua oferta de motos elétricas. 

Com o intuito de impulsionar ainda mais a adoção de motos elétricas, a Honda acelera iniciativas para redução de preços, visando uma diminuição de 50% nos custos atuais das suas motos elétricas.


Quanto aos investimentos, a Honda pretende investir 100 mil milhões de ienes (620.700.000,00€) no período atual de 5 anos, desde 2021 a 2025, e um montante adicional de 400 mil milhões de ienes (2473.792.778€) nos 5 anos subsequentes, de 2026 a 2030. Este investimento totaliza 500 mil milhões de ienes (3092.240.972,50€) ao longo de uma década.

Estabelecendo metas financeiras ambiciosas, a Honda visa alcançar uma margem de lucro operacional de 10% para todas as atividades relacionadas a motos até 2030. No segmento de motos elétricas, a meta é de mais de 5%. Projetam-se também margens superiores a 10% para a atividade de motos em geral e para as motos elétricas em 2031 e nos anos seguintes.

andardemoto.pt @ 30-11-2023 11:10:15


Clique aqui para ver mais sobre: MotoNews