MotoGP 2021 – Andrea Dovizioso satisfeito e com tempos surpreendentes no teste com a Aprilia

O veterano piloto italiano está a testar a nova Aprilia RS-GP no circuito Jerez Ángel Nieto. Nos dois primeiros dias de testes Andrea Dovizioso encontrou já uma boa base de afinação do protótipo de Noale, conseguindo obter tempos surpreendentes neste neste com a Aprilia Gresini.

andardemoto.pt @ 14-4-2021 11:34:36

Por estes dias o piloto italiano Andrea Dovizioso parece estar a renascer após um período menos positivo desde que terminou a sua relação de muitos anos com a Ducati, no final de 2020.

A participar numa sessão de testes privados de MotoGP com a Aprilia Gresini, o piloto de Forli tem a oportunidade soberana de entender o potencial do protótipo Aprilia RS-GP deste ano, e, esperam os responsáveis da casa de Noale, finalmente aceitar o convite para integrar a estrutura italiana.

Se no primeiro dia de testes grande parte do tempo foi passado a conhecer a equipa e a encontrar forma de afinar a RS-GP de 2021 ao seu gosto e necessidades, a verdade é que desde o primeiro momento que o “casamento” Dovizioso / Aprilia parece estar a correr muito bem.

Não só o italiano terá encontrado na Aprilia Gresini uma estrutura técnica capaz de lhe garantir o que ele necessita para estar a competir pelas melhores posições em MotoGP, como a moto italiana estará já num ponto de evolução muito aceitável.



De facto, alguns meios de comunicação italianos conseguiram contactar com membros da equipa, que afirmam que Dovizioso achou a RS-GP uma moto “muito fácil de pilotar”. Essas sensações positivas batem certo com aquilo que Aleix Espargaró afirma desde início da temporada, sendo que o espanhol conseguiu mesmo surpreender nas duas corridas realizadas no Qatar.

Mas mais do que as sensações, são os tempos por volta que provam se a moto e o piloto foram feitos um para o outro.

Como estes testes de MotoGP em Jerez são privados, isso significa que não temos acesso aos tempos por volta dos pilotos que participam no teste. A não ser que as equipas assim o desejem, o que não é o caso.

Aqui no Andar de Moto ficámos curiosos por saber se os tempos por volta de Andrea Dovizioso neste teste com a Aprilia RS-GP estão a ser competitivos. Conseguimos falar com alguém muito próximo da estrutura italiana, que nos confirmou que “Dovi” já conseguiu rodar muito rápido no segundo dia de testes em Jerez.



De acordo com a nossa fonte, Andrea Dovizioso conseguiu rodar abaixo do segundo 37 em Jerez!

Olhando para os registos, e se se confirmarem os tempos que conseguimos obter, Dovizioso estará muito perto do recorde absoluto do circuito andaluz que é de 1m36.705s, registado por Fabio Quartararo no Grande Prémio de Espanha em 2020. Este é também o recorde da “pole position”. A volta mais rápida em corrida está na posse de Marc Márquez, com um tempo de 1m38.051s obtido no GP de Espanha em 2019.

Tendo estes tempos do teste como válidos, será fácil perceber que Andrea Dovizioso já se sente muito confortável com a moto italiana, e a Aprilia Gresini estará já a perceber qual a melhor forma de aliciar o piloto de Forli a assinar pela equipa e assim elevar o nível de todo o projeto de Noale.


Tudo porque, apesar dos bons resultados de Aleix Espargaró, o segundo piloto, Lorenzo Savadori, ainda a contas com uma lesão nas costas e ombro, estará muito longe do esperado pelos responsáveis da Aprilia Gresini.

A equipa está já a desenhar um plano que envolve substituir Savadori por Andrea Dovizioso (quem sabe se será já a partir do Grande Prémio de Portugal este fim de semana). Há ainda a hipótese de Dovizioso fazer apenas alguns “wild-card” ao longo da temporada, assumindo para si o papel de piloto de testes da Aprilia em MotoGP, e em 2022 assume o lugar de piloto ao lado de Espargaró.

Seja como for, um segundo teste privado está no horizonte próximo de Andrea Dovizioso e da Aprilia Gresini. O cenário será o mítico circuito de Mugello. No entanto sabemos que esse teste apenas vai acontecer caso Dovizioso assuma o compromisso com a equipa de Noale.

andardemoto.pt @ 14-4-2021 11:34:36


Clique aqui para ver mais sobre: MotoGP