MotoGP, 2022, Le Mans – Saída de Miller agita mercado

O Australiano terá assinado pela KTM

Segundo a SkySports Italiana, Miller, que devido ao sucesso do Rookie Bastianini, que vai por 3 vitórias em 2022, viu o seu lugar na equipa de fábrica em perigo, terá atacado primeiro e já assinou pela KTM sendo assim a primeira contratação de 2023

andardemoto.pt @ 16-5-2022 11:28:23

No entanto o rumor parece basear-se numa foto de Miller a falar com o Manager da KTM Francesco Guidotti, mas como este era o seu Manager na Ducati Pramac isto pode ter pouco significado.
A ser verdade, pode igualmente não ameaçar a posição de Oliveira na equipa oficial, como alguns especularam, pois ainda não se sabe a qual das equipas da marca austríaca o australiano ir a pertencer e o mais certo é Miller ir substituir Fernández na Tech 3 (colocando, com Gardner, dois australianos na formação satélite francesa).


Ao mesmo tempo que se iniciava o grande Prémio de França em Le Mans, a SkySports noticiou que Jack Miller da Ducati assinara pela KTM para 2023, mas é prematuro dizer que será em substituição de Miguel Oliveira.Isto porque, aparte tudo o resto, seria tolice substituir um 4-vezes vencedor com habilidades de desenvolvimento óbvias e comprovadas por um 3-vezes vencedor como uma história de altos e baixos apesar de dispor da moto mais rápida do plantel, a Desmosedici de fábrica. Se é verdade que Miller está à frente de Oliveira na pontuação, por 62 pontos contra 43 de Oliveira, também é certo que, estando ambos com duas desistências, Oliveira já venceu este ano, contra dois pódio de Miller.
O que prejudica o português neste ângulo é não ter pontuado em Austin, onde Miller foi terceiro. Mesmo assim, o cenário mais provável é Miller vir a assinar pela Tech3 para correr ao lado de Remy Gardner, continuando Miguel Oliveira a fazer dupla com Brad Binder na equipa de fábrica da KTM.

andardemoto.pt @ 16-5-2022 11:28:23


Clique aqui para ver mais sobre: MotoGP