MotoGP 2024 - 75 anos de Mundial

Celebrando o mais antigo Campeonato

Estamos a brindar a três quartos de século do MotoGP esta época, por isso aproveitamos para lembrar alguns factos e números chave do percurso que nos trouxe aqui.

andardemoto.pt @ 28-3-2024 09:41:11 - Paulo Araújo

Desde os primórdios do MotoGP em 1949, como o primeiro Campeonato Mundial dos desportos motorizados, que antecede a Formula 1 por um ano, até à época de 2024, que celebra 75 anos de corridas, a história de como o MotoGP se tornou o desporto mais emocionante do mundo está repleta de personagens, progresso, inovação, segurança cada vez melhor, maior sustentabilidade e a pura adrenalina que todos adoramos.

Por isso, quer esteja a seguir só desde o início do ano, quer ainda se lembre de nomes como Agostini e Nieto, e tenha visto Valentino Rossi redefinir o desporto, ver Marc Márquez mudar o jogo outra vez ou, mais recentemente, ver um português integrar o Mundial pela primeira vez com Miguel Oliveira, ou ainda ver os nomes de Pecco Bagnaia e Fabio Quartararo a correrem para acrescentarem os seus nomes aos livros de história, junte-se a nós e conheça o legado que construiu o auge do desporto motorizado de duas rodas: o MotoGP.

Com o agitar da bandeira xadrez na final de 2023, o MotoGP completou 75 épocas de competição desde que o desporto mais emocionante do mundo nasceu em 1949. Para assinalar a ocasião em Valência, revelámos o logótipo para o 75º aniversário que agora será o centro das atenções enquanto celebramos a época de 2024 que vai agora para a terceira prova.



Haverá também mais marcos ao longo do caminho, incluindo o 75º aniversário da primeira corrida que contou para a classificação do campeonato do mundo - a corrida de 350 na Ilha de Man em 1949 - a 13 de junho. Depois, é o aniversário da primeira corrida da categoria rainha, que teve lugar a 17 de junho de 1949.

Assim, é altura de continuar a celebrar, com algumas das principais estatísticas de 75 anos de corridas incríveis, dando início aos 75 anos de MotoGP em grande estilo!

Os Grandes Prémios

Celebrámos o GP1000 em Le Mans em 2023, por isso, no início de 2024, houve 1015 Grandes Prémios desde o início do Campeonato do Mundo em 1949, compreendendo 3371 corridas para classes individuais.


Os campeões

126 pilotos tornaram-se Campeões do Mundo - muitos deles mais do que uma vez. O piloto com mais títulos mundiais continua a ser Giacomo Agostini com 15, seguido por Angel Nieto (12 + 1), Mike Hailwood, Valentino Rossi, Phil Read e Carlo Ubbiali (todos com 9). 

Outro nome poderá juntar-se a estes em 2024: Marc Márquez (ao lado, Gresini Racing) tem oito Campeonatos e já mostrou que há que contar com ele em 2024…

Os vencedores

399 pilotos já venceram Grandes Prémios em classes individuais - por isso, chegar aos 400 em 2024 parece não só plausível ou possível, mas também provável. O mais recente vencedor de um primeiro GP é Collin Veijer (Liqui Moly Husqvarna Intact GP) depois da vitória em Moto3 em Sepang.



Os fabricantes

A Honda é o construtor mais bem-sucedido nas corridas de Grande Prémio (em classes individuais) com 821 vitórias, seguida da Yamaha (520), Aprilia (297), MV Agusta (275) e Kalex (176).

Os países

30 nacionalidades venceram corridas de Grande Prémio a solo. A Itália tem o maior número de vitórias, 888, seguida da Espanha com 722... um pouco mais abaixo, Portugal tem 5 pela mão de Oliveira. 30 países também organizaram Grandes Prémios. O país mais recente a estrear-se no calendário é a Índia, com o Circuito Internacional de Buddh a receber o MotoGP pela primeira vez em 2023. Em 2024, o Cazaquistão vai tornar-se o país 31!


andardemoto.pt @ 28-3-2024 09:41:11 - Paulo Araújo


Clique aqui para ver mais sobre: MotoGP