Telemóvel distrai 15% dos peões quando atravessam a estrada

A Prevenção Rodoviária Portuguesa realizou durante o passado mês de Janeiro de 2017 um estudo no concelho de Lisboa com o objectivo de observar o comportamento dos peões quando atravessam a via em passagens de peões sinalizadas. As distracções mais observadas estão todas relacionadas com a utilização do telemóvel.

TSR @ 10-2-2017 17:04:48

De acordo com os resultados do estudo, realizado em 20 locais da cidade de Lisboa, as distrações mais observadas aquando do atravessamento da estrada incluíam peões a falar com o telemóvel na mão (5,7%), a manusear o telemóvel (mensagens de texto, consulta de redes sociais ou e-mail) (4,8%) e a usar auriculares/auscultadores (5,9%). Da análise dos 5.223 peões observados concluiu-se que 15,6% estavam envolvidos em pelo menos uma das três actividades mencionadas.

Os mais novos são os que mais se distraem com o telemóvel ao atravessar a estrada, Cerca de 30% dos peões com menos de 30 anos utilizam o telemóvel, e destes metade usa auriculares nas passadeiras. No grupo etário dos 30 aos 60 anos a percentagem baixa para os 17,3% e o valor cai para os 2,7% nos peões com mais de 60 anos.

Os resultados do estudo mostram ainda uma ligeira tendência de maior utilização do telemóvel para falar por parte das mulheres (6.1% vs. 5.2%) e de utilização de auriculares/auscultadores por parte dos homens (6.8% vs. 5.1%).

Os dados da sinistralidade no concelho de Lisboa mostram que entre 2010 a 2015 mais de metade (54%) das vítimas mortais de acidentes rodoviários eram peões. Este grupo vulnerável representou ainda 46% do total de feridos graves e 23% dos feridos leves.

TSR @ 10-2-2017 17:04:48