Teste Triumph Street Scrambler 2019 - Mito apurado

A Triumph Street Scrambler está agora mais segura e mais fácil de conduzir, pronta para encantar qualquer motociclista.

andardemoto.pt @ 17-12-2018 22:24:08

Faça uma consulta e veja caracteristicas detalhadas:

Triumph Bonneville Street Scrambler | Moto | Classics

A par com a apresentação da “Baby Bonnie”, que decorreu em Portugal há um par de semanas, e cujo teste também pode ler se clicar aqui, a Triumph apresentou aquela que agora, com a promessa de uma Scrambler 1200 a ser lançada no mercado em 2019, também já poderei chamar de “Baby Scrambler”.

O termo “baby” é apenas uma simpatia, já que ambas estas Triumph se portam como motos adultas, perfeitamente capazes de encantar qualquer motociclista.

Concretamente, relativamente à Street Scrambler, que mantém a essência da versão lançada em 2017 e que então tinha também tido oportunidade de testar, como pode ver se clicar aqui, as novidades apresentadas agora pela Triumph são mais do que justificadas, e revertem a favor de um comportamento dinâmico mais sofisticado que permite maior exigência tanto à ciclística como ao motor, retribuindo com um elevado nível de diversão.

Começando pelos novos travões, que exibem agora na roda dianteira uma pinça Brembo de 4 pistões, apesar de continuar a existir apenas um disco simples, a capacidade de travagem foi substancialmente melhorada. 


Ao nível da suspensão, a forquilha, apesar de continuar sem afinação, também foi actualizada, e conta com um sistema de cartucho, pelo que mostra agora um comportamento muito mais sólido que reverte a favor de uma maior confiança na condução. Os amortecedores traseiros mantêm afinação da pré-carga.

O motor também foi alvo de atenções, e além de mais leve, e apesar de manter o mesmo débito de binário, a sua rotação aumenta mais facilmente até um regime mais elevado, que lhe rende mais 10 cavalos de potência. 


Além disso, a Boneville Street Scrambler apresenta acelerador electrónico com 3 modos de motor: Chuva e Estrada, como na Street Twin, e um Off-Road, modo que permite anular o controlo de tracção, e desligar o ABS, para uma utilização em pisos excessivamente escorregadios, onde ter controlo da roda traseira se traduz numa grande vantagem.

Mas a Street Scrambler é sobretudo uma moto estradista que não tem pretensões a enduros radicais. Podemos lavá-la a praticamente todo o lado onde seja possível ir de moto, limitados apenas a uma suspensão com um curso de “apenas” 120mm, mas seu excelente desempenho em asfalto, sobretudo em estradas de curvas e encadeadas, faz que seja esse o seu cenário de eleição.


A caixa de 5 velocidades, em que a 5ª é basicamente uma “overdrive” destinada a autoestrada, torna a sua condução bastante íntima, e bastante interessante, sobretudo em montanha, onde a sua suavidade e precisão são excepcionais.

Mas o prazer de condução não está resumido aos aspectos mecânicos, apesar de o som do motor constituir uma fantástica banda sonora em qualquer cenário. 

Como pontos menos positivos, apenas a posição de condução em pé, afectada pelos tubos de escape, que obrigam a algum cuidado com o joelho direito. De resto, a qualidade de construção e acabamento é de muito bom nível, completamente isenta de ruídos e vibrações.

O seu preço, a partir de 10 700,00 €, e as revisões alargadas a 16.000km são factores importantes para quem gosta de fazer contas. E por falar nisso, a Triumph anuncia consumos na ordem dos 4,1 litros aos 100km, facto que não conseguimos comprovar neste teste.

Estes consumos são ligeiramente superiores, relativamente aos oficialmente apresentados para a Street Twin, e foram-me justificados pelos técnicos da marca pela maior velocidade de passagem dos gases no escape de posição elevada, e também devido à utilização de uma roda de 19 polegadas na frente.


No entanto, as diversas unidades que foram testadas, apesar de não terem sido minimamente poupadas pelos diversos jornalistas presentes, e sujeitas a diversas sessões de fotos, conseguiram todas cumprir os mais de 250km realizados, sobrando ainda gasolina no depósito de 12 litros.

Extremamente fácil de conduzir, esta nova Scrambler pode ser uma moto de iniciação, mas serve também, e perfeitamente, os propósitos de motociclistas mais experientes. 

Além disso, tanto pode ocupar por completo o coração do seu proprietário, como moto única, como se presta a dividir atenções e ser uma segunda moto, mais prática e cheia de estilo, para uma utilização mais frequente.

Se ficou curioso, e quer experimentar este verdadeiro mito das duas ruas em versão apurada, então marque um test-ride num dos concessionários Triumph.

Com mais de 120 acessórios “Custom Street Scrambler” originais disponíveis, qualquer um pode transformar a sua Street Scrambler exactamente na moto que pretende ter, seja com mais enfoque na vertente “off-road” ou na vertente “viagem”.

Disponível em 4 cores, Branco, Vermelho e Verde e Preta, a marca disponibilizou ainda duas versões inspiracionais que pode ver no final da galeria de fotos acima.

Faça uma consulta e veja caracteristicas detalhadas:

Triumph Bonneville Street Scrambler | Moto | Classics

andardemoto.pt @ 17-12-2018 22:24:08